Blog de tiaolucena


DELOSMAR GARANTE QUE DECISÃO DO TSE EM FAVOR DE LUIZ HENRIQUE VAI BENEFICIAR CÁSSIO CUNHA LIMA

O advogado Delosmar Mendonça, que defende o governador Cássio Cunha Lima nos processos de cassação do seu mandato, disse hoje à imprensa que a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de ouvir o vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan, no processo contra o governador reeleito Luiz Henrique da Silveira (PMDB), deve abrir precedentes na ação que envolve o governador da Paraíba, cassado pelo TRE sob acusação de conduta vedada e abuso de poder econômico nas eleições de 2006.

Delosmar afirmou que essa decisão repercute muito no caso do governador paraibano e que a assessoria jurídica vai solicitar também que o vice-governador José Lacerda Neto (DEM) seja ouvido no processo.

Ele explicou que José Lacerda não integra o processo, envolvendo o governador Cássio, na qualidade de co-réu, mas como um mega assistente sem participação no caso. Delosmar Mendonça disse que os advogados de defesa vão estudar, na sua integra, a decisão tomada pelo TSE no caso do governador de Santa Catarina para poder definir a forma de como apresentar mais esse ponto na defesa de Cássio.

"Mais um ponto a ser apresentado, antes ou no decorrer do julgamento, ao lado de outros como o da metodologia equivocada da perícia, da dupla atuação do Ministério Público Eleitoral e dos mais de trezentos depoimentos de beneficiários do Fundo de Apoio Comunitário, FAC, que não foram tomados", ressaltou Delosmar. Ele acredita que esses pontos mais a decisão do TSE de que o vice-governador deve ser ouvido pode levar a nulidade da ação contra Cássio.

Fábio Andrade acredita que o TSE vai dar a ação que existe contra o governador do Estado o mesmo tratamento concedido ao processo que envolve o chefe do Poder Executivo Estadual de Santa Catarina, Luiz Henrique. "Esperamos que essa decisão tomada na noite da última quarta-feira, por maioria, pelo Pleno do TSE, seja ampliada no caso do governador paraibano", acrescentou Fábio Andrade.

O advogado declarou que vão ficar algumas semelhanças entre os dois processos e que a assessoria jurídica de Cássio Cunha Lima vai aguardar as projeções para o caso da Paraíba. "O vice José Lacerda terá que ser citado para fazer sua defesa e apresentar provas", reforçou ele. Fábio lembrou que o ministro Cezar Peluso chegou a comentar uma simples participação de Lacerda na parte da ação, alegando, porém, que não houve apresentação de defesa.

 




Escrito por tiaolucena às 19h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PESQUISA DÁ VITÓRIA A VENEZIANO NO 1º TURNO

 

O Jornal da Paraíba divulga neste domingo uma pesquisa do Ibope que pode botar gelo na ainda não iniciada campanha do deputado Romulo Gouveia à Prefeitura de Campina Grande. Segundo a pesquisa, o atual prefeito Veneziano Vital do Rego (PMDB) seria reeleito em 1º turno, pois aparece com 54,62% das intenções de voto.

Na segunda colocação aparece  Rômulo Gouveia (PSDB), mas lá embaixo, no rabo da gata, com apenas 25,38%. Os outros postulantes não têm nem graça, pois estão bem no fim da fila, com o sobejo.

Tanto que o terceiro colocado na relação, o deputado estadual Romero Rodrigues, tem apenas 3,69% das intenções de voto, seguido por Artur Cunha Lima, presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, que tem 3,08%.

A pesquisa foi realizada nos dias 16 e 17 de fevereiro e foram ouvidas 650 pessoas de todos os bairros de Campina Grande e dos distritos de Galante e São José da Mata. A confiabilidade é de 95% e o erro máximo permissível é de 3,5%.

 



Escrito por tiaolucena às 16h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DELEGADOS FAZEM FORRÓ PARA TERMINAR DELEGACIA

 

A crise do sistema de segurança pública do País tem provocado situações inusitadas. Para garantir melhorias estruturais e melhores condições de trabalho, um grupo de delegados de Goiás decidiu driblar a burocracia e agir por conta própria. Em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital, os delegados pretendem resolver o problema em ritmo de forró e promoverão na próxima quarta-feira, dia 27, uma noite festiva em uma boate local.

O objetivo será arrecadar fundos para garantir o término construção de uma sede que abrigará a 2ª Regional de Polícia e a Depai (Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais). Entre as atrações estão Ivis e Carraro, Raffa do Forró, Banda Atlanta e DJ Eduardo Porto.

"As duas unidades funcionam em prédios alugados pela prefeitura de Aparecida de Goiânia. Com a nova sede, além de melhorar a estrutura de funcionamento da polícia, também haverá redução de despesas para o município", ressaltou o delegado Álvaro Cássio, titular da Segunda Regional e responsável pelas delegacias de todas as cidades do entorno de Goiânia.

A iniciativa dos delegados foi uma alternativa à burocracia para a construção da obra pelas vias normais. "Tudo começou em 2004, quando um delegado foi nomeado para a Delegacia de Proteção à Infância e Juventude, que até então não existia. Tínhamos o delegado, mas não tinha a delegacia. Esperamos até setembro de 2007. Daí, diante da burocracia, decidimos assumir a construção por conta própria."



Escrito por tiaolucena às 09h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Os meus

Miguel Lucena Filho

Sou jantar de mesa farta,
Três noites de forrozada,
Alegria de matuto,
Cantador de embolada,
Sou filho da nuvem cheia
Que concebe a invernada.
Meu companheiro é trovão
Famoso pai da coalhada;
Meu mar é açude velho
Em tempos de enxurrada.

Minha mulher é a lua
A passear pelo céu,
Sem batom, perfume ou ruge,
A roupa somente o véu
Daquela nuvem branquinha
Amiga do menestrel.
Quando o sol está dormindo,
Ela começa saindo
E, sempre a se insinuar,
Acorda os noivos poetas
Para a vida versejar.

O meu filho é o sorriso
Das crianças desprezadas
Quando encontram o paraíso
Nos braços de uma mãe amada.
A ele dou leite e pão
Farinha, cuscuz e pirão
Ribacão e carne assada,
Mesmo que não peça nada.
Imensamente feliz
Eu fico quando ele diz:
- Papai -, e dá uma risada.

A minha família é o povo
Que planta e milho e feijão,
Que acorda às 5 horas
Pro mode ganhar o pão,
Que parece uma sardinha
Espremido em condução,
Pedaço de mamulengo
Caindo da construção;
Que apanha do bandido,
Da polícia e do patrão.
Quem sabe em minha casa um dia
Num sarau de poesia
Vamos ter revolução.

(Luanda, Angola, 10/07/2006)



Escrito por tiaolucena às 08h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




COLUNA DO TIÃO

tiaolucena@uol.combr

Blog do Tião

 PORQUE HOJE É SÁBADO

 

Na noite de sexta-feira, já beirando as 22 horas, voltava para casa com dona Cacilda, ali pela Tancredo Neves, quando vi a polícia trabalhando. A primeira equipe policial estava nas proximidades de Mandacaru, a viatura parada no meio da pista, as portas abertas, as luzes piscando e dois soldados, cada um com sua enorme arma na mão, abordando dois rapazes montados em bicicletas. Ainda deu para ver os policiais intimando os rapazes a encostarem as mãos no poste e depois serem apalpados da cintura até o mocotó.

Lá na frente, nas proximidades do Forrock, a viatura era maior e maior também era a quantidade de policiais. Por coincidência ou não, o abordado na hora da minha passagem também era um ciclista, só que mais idoso, com jeito de trabalhador, portando um bisaco branco na cintura. Igualmente apalpado e intimado, o homem se deixava usar pelos fardados do coronel Lima.

Claro que aqueles dois quadros me levoaram a perguntar: Ôxente, e por que somente ciclistas? Ao que sei, os matadores que aterrorizam a cidade andam em duplas, montados em motos pretas, armados até os dentes com pistolas automáticas e mangando das chamadas autoridades constituídas.
********
A bruxa anda solta neste começo de ano. Somente esta semana, já levou para o além Balula e Altimar Pimentel, aqui na Paraíba. Desse jeito, vamos chegar à Semana Santa sem gente para venerar o divino Mestre.
********
Aquela velha desocupada, que vive pendurada no telefone ligando para as emissoras de rádio para espalhar no ar sua voz desagradável, entupida, anasalada, sem graça, sem som e sem vida, para depois ficar nos gabinetes dos vereadores recebendo tocos e mais tocos, deve deixar meu nome de lado, porque senão eu vou dizer aqui algumas coisinhas que me disseram a seu respeito. Quem avisa, amigo é.
********
Taí, seria uma boa se Cícero Lucena saisse mesmo candidato a prefeito de João Pessoa. Até agora Ricardo Coutinho reina sozinho na nação tabajara e precisa encontrar pela frente um peso pesado, com votos e condições de levar a eleição para uma disputa de gigantes, de iguais. A eleição passaria a ter mais sabor e os eleitores teriam uma opção que não seria a de agora, a do eu sozinho.
********
Amigos da professora Glauce Burity, viúva do saudoso e inesquecível ex-governador Tarcísio Burity, querem convencê-la a disputar um mandato de vereadora. Seria uma forma de manter acesa, na memória do povo pessoense, a imagem daquele que, em vida, mesmo sem estar na Prefeitura, foi o maior prefeito que João Pessoa já teve.
********
Quem garante que é verdade é o historiador Wellington Aguiar. Segundo ele, o renomado historiador e professor José Octávio de Arruda Melo foi reprovado em concurso para o cargo de professor de história paraibana da Universidade Estadual da Paraíba. Quase não acreditei.
********
Um aviso aos eventuais leitores: na próxima quarta-feira, quando o sol sumir na barra do poente, chegará aos seus olhos um passarinho pequenino e atrevido, cantador e voador, chamado "Casaca de Couro". Aguardem mais detalhes no decorrer da semana.
********
O vereador Francisco Sales, que eu chamo de Tita, tem se constituído numa das principais vozes de oposição ao prefeito Antonio Loudal, de Juru. Com Tita azucrinando o seu juízo, o prefeito só dorme depois que toma lexotan.
********
E o caso dos remédios enterrados no lixo de Guarabira, hein? Que vergonha! Com tanta gente morrendo à míngua, o poder público enterrando remédio para dar de comer as lombrigas. É de matar qualquer um.
********
O doutor Harrison Targino conseguiu, em poucos meses no cargo de Procurador Geral, deixar a Procuradoria Geral do Estado um brinco. Nem parece aquela sauna que matava de calor e cansaço os procuradores, os funcionários e o contribuinte que ali comparecia para quitar suas dívidas com a fazenda estadual.
********
E agora lá se vão meus abraços para Biu Galinha, Hervásio Bezerra, Lindolfo Pires, Milton Soares, Ramalho Leite, Valdir dos Santos Lima,  Efraim Morais, Antonio Vicente,Marcondes Gadelha, Marcone Formiga, Ronaldo Cunha Lima, Luciano Pires, Aluisio Bezerra, Venancinho Medeiros, Bernardo Quintans, Paulo Meira, Chico Franca e Marcus Aranha.
********
Quando o deputado Levi Olímpío morreu, houve o maior fuá no inferno. Ele chegou logo dando ordens, metendo o pé na porta, deixando o cão porteiro assustado. "Cadê o cão chefe?!", perguntou gritando e, mesmo sem receber resposta, determinou: "Diga a ele que quem chegou aqui foi o deputado Levi Olímpio".

O cão porteiro saiu ligeiro para o interior do inferno, procurando o cão chefe e, passando numa sala, foi interpelado pelo ex-deputado Chico Pereira, que jogava uma partidinha de pif-paf com Judivan Cabral. "Seu cão, que zoada é essa lá fora?", perguntou seu Chico. Cão Porteiro, ainda esbaforido, respondeu: "É um tal de Levi Olímpio que chegou brabo, com duas cartucheiras penduradas nas costas, quatro revólveres, um rifle papo amarelo e uma peixeira de 12 polegadas na cintura.

Aí seu Chico, jogando o baralho na mesa, não se conteve:

"Mas é possíve, aquele cangaceiro não me deixa queto nem aqui!?"


 

 



Escrito por tiaolucena às 05h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CÍCERO ADMITE SER CANDIDATO A PREFEITO

 

Foto do Senador

Ninguém pode negar que ele tem votos em João Pessoa. E bote votos nisso. Foi prefeito por duas vezes e quando se candidatou a senador, com confraria e tudo, teve votos de tuia. Agora aventa a possibilidade de ser candidato a prefeito e a turma do outro lado fica ouriçada. O pescoço dele é mais duro do que o de Ruy Carneiro ou o de João Gonçalves. Falo, claro, do senador Cícero Lucena, que em entrevista concedida à TV O Norte não disse que era, porém não declarou que não era candidato, muito pelo contrário, deu a entender que poderá ser.

“Foi assim que fui escolhido vice-governador na chapa de Ronaldo, foi no último dia do prazo final que decidi ser candidato a prefeito de João Pessoa pela primeira vez e foi assim, inclusive, na minha decisão de disputar o Senado”, declarou o senador, respondendo, objetivamente, com uma frase que sempre carrega sobre 2008: “Só Deus sabe”.

Os boatos da possível candidatura de Cícero tomaram corpo com sua decisão de se licenciar do Senado Federal. O senador disse que deixará, sem receber remuneração, o cargo por 121 dias para tratar de interesses pessoais.

Para ele, o mais importante é que o PSDB possa lançar um candidato que seja a favor de João Pessoa. Perguntado se teria coragem de enfrentar Ricardo Coutinho, ele declarou: “Tenho várias diferenças em relação ao prefeito: a principal delas é que tenho fé em Deus e que sou humilde”, declarou.

Ele admitiu que vem recebendo apoio de lideranças políticas da Capital para ser lançado candidato a prefeito. “O pessoal ta animado”, disse.

Questionado sobre sua relação com o governador Cássio Cunha Lima, o senador declarou que, “para tristeza da oposição”, tem mantida um contato estreito com o governador tucano.




Escrito por tiaolucena às 21h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cartão corporativo: você pode ter um

A brincadeira na internet é de dar água na boca, ou melhor, no bolso: um cartão corporativo igualzinho ao do governo federal para comprar tapioca, mesas de bilhar, alugar carros, pagar diárias de hotel e o que mais der vontade. E o melhor: a fatura nunca chega! Basta colocar seu nome na caixinha (ops!) em branco no site  e ser feliz como um aloprado petista (Cláudio Humberto).

outrocartão.bmp



Escrito por tiaolucena às 18h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DEU NO CARIRI LIGADO, O MELHOR BLOG DO CARIRI:

"Léo Batata" só deixa o Dreher quando arrumar uma noiva

O popular Léo Batata (foto), irmão de Carlos do picolé, é querido entre os monteirenses e ao mesmo tempo pegador de ar que nem compressor de oficina. Trabalha no Supermercado Neves, prestando serviços a Marivaldo Berto e na empresa de ônibus Penha, com seu Adalberto. Pra quem não conhece ele, aqui vai um perfil curto: É o cabra mais tomador de conhaque Dreher que já conheci, honesto e trabalhador que só um peste.

Só falta arrumar uma noiva!



Escrito por tiaolucena às 17h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Alexandra Oliver


Carioca da barra, se considera garota sangue bom. Adora o mar e tudo que vem dele. não dispensa a volta na praia com sua água de coco junto com suas amigas. Diante o sol e calor do rio de janeiro, nao foi difícil escolhe-la para este  super ensaio sensual  e espontâneo. Alexandra prometeu novo ensaio em breve...

 
 



Escrito por tiaolucena às 15h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




RUBENS DE FALCO E OSWALDO LOUZADA MORRERAM

Reprodução / TV GloboDivulgação / TV Globo

Rubens de Falco, 76 e Oswaldo Louzada, 95, morreram nesta sexta-feira. Eram dois grandes atores. Um, vilão convicto, fez muito fã de novela ficar com raiva dele quando começava a maltratar Lucélia Santos, a eterna Escrava Isaura. O outro, bom velhinho, despertava ternura nos corações dos que assistem televisão. Duas perdas grandes. Falco morreu num centro de assistência a idosos, sem glória e sem câmeras. Uma pena que esse Brasil continui ignorando os seus ídolos.



Escrito por tiaolucena às 14h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MARCELO SUBSTITUI GOUVEIA NA CÂMARA

O moço da foto atende pelo nome de Tarciso Marcelo e, a partir de segunda-feira, deverá ser chamado de deputado federal, porque vai assumir a vaga deixada pelo redondo Romulo Gouveia, que abandonou a deputação federal para ser chefe da casa civil do Governo e candidato a prefeito de Campina Grande. Trocou-se seis por meia dúzia, já que o substituto só não é a cara do substituído porque não usa bigode, nem óculos. Mas em gordura, ambos empatam. Sim, a posse desse daí aconteceria nesta sexta, mas ficou para segunda por causa de um atraso no envio da ata de posse do que voltou pra cá.

Escrito por tiaolucena às 14h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PREFEITO CASSADO DE SÃO JOSÉ DE PIRANHAS PEDE AO TSE PARA FICAR NO CARGO AGUARDANDO O SUBSTITUTO

 

O prefeito de São José das Piranhas (PB), José Ferreira de Carvalho (PR), interpôs Medida Cautela Incidental, com pedido de liminar, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para continuar no cargo até quando se esgotarem os recursos judiciais contra a confirmação, pelo próprio Tribunal, de sua cassação, ocorrida na última terça-feira (19). O prefeito reclama que o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) pretende fazer cumprir a decisão do TSE antes mesmo de publicado o acórdão do julgamento.

“O TSE negou provimento ao Recurso Especial Eleitoral (impetrado pelo prefeito), mas não determinou a posse imediata”, alegam os advogados do prefeito cassado, citando a certidão oficial do julgamento. A defesa do prefeito argumenta que é preciso aguardar a publicação do acórdão “que, se embargado, ainda deverá sustar os efeitos da decisão”.

De acordo com a defesa, estão configurados no caso os princípios do fumus boni iuris e do periculum in mora. Isso porque, o prefeito teria o direito de se manter no cargo por causa da jurisprudência do TSE sobre a necessidade de aguardar a publicação do acórdão – observada a oposição de embargos declaratórios – para que então a decisão possa gerar efeitos. Quanto ao perigo da demora, alega que o TRE paraibano já foi comunicado e determinou o cumprimento da decisão, “propiciando alvoroço e tumulto na sociedade local antes mesmo do conhecimento dos termos decididos”.

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a cassação do prefeito e do vice-prefeito de São José das Piranhas (PB), José Ferreira de Carvalho (PR) e Paulo de Tarso Lucena. Eles haviam sido cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado  por captação ilícita de votos nas eleições de 2004 e conduta vedada a agentes públicos em campanha eleitoral. O prefeito e o vice foram acusados de usar promocionalmente programa social de quitação e entrega de casas populares.



Escrito por tiaolucena às 14h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ANÍBAL DESISTE DE CANDIDATURA E QUER SER VICE DE CÍCERO

     
 
O vereador Aníbal Marcolino deu uma demonstração de desprendimento, ao abrir mão de sua candidatura a prefeito de João Pessoa pelo PDT, em favor da candidatura do senador Cícero Lucena, tucano. Mas como não costuma dar murro em ponta de faca, Marcolino informou que aceita ser o vice de Cícero.

“Para mim, pessoalmente, seria uma honra disputar a prefeitura de João Pessoa ao lado de Cícero e acho que seria uma chapa capaz de mostrar a cidade quem fez mais pelo povo carente da nossa Capital”, filosofou Aníbal.

Ontem, durante o dia inteiro, lideranças da oposição se perguntavam se a licença que o senador vai tirar do Senado Federal aponta para uma candidatura do tucano a prefeito.
 

Escrito por tiaolucena às 08h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PREFEITURA DE GUARABIRA ENTERROU REMÉDIO NO LIXO

 

Num tempo de tantas carências, de tantas lamúrias, de tanta gente clamando por remédio, aparece a Prefeitura de  Guarabira dando-se ao desfrute de enterrar remédio vencido. O caso veio a público graças ao vereador Lucas Porpino, que recebeu uma denúncia dando contra de que a Prefeitura de Guarabira havia enterrado uma quantidade de medicamentos. Nesta quinta, pela manhã, ele foi ao local, no Distrito Industrial, com uma máquina e cavou, constatando o fato. Foram descobertas cerca de duas dezenas de marcas diferentes. A escavação foi incompleta.

Polícia Militar, Imprensa, Polícia Civil, Agência Vigilância Estadual, Sudema, Ministério Público, Secretaria Muncipal do Meio Ambiente e Vigilância Sanitária Municipal estiveram lá.

A Sudema autuou a Prefeitura de Guarabira por desrespeitar as normas ambientais. O promotor Alessandro Siqueira determinou à PM que faça a segurança da área até esta sexta, quando será feito um cadastramento dos remédios lá enterrados. Eles serão retirados e guardados pela prefeitura, que só dará um destino a eles após apresentar à Sudema um plano de gerenciamento.

O Ministério Público, então, adotará as providências cabíveis (ofertar ou não denúncia à Justiça). Quanto ao desperdício do dinheiro público, um advogado me disse que é caso de improbidade administrativa.

Lucas Porpino foi às lágrimas quando viu o remédio desperdiçado. "E saber que tanto pobre me procura para reclamar da falta de medicamento nos postos de saúde", lamentou."


Escrito por tiaolucena às 05h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PREFEITO SOLTO VAI AGRADECER A PADIM CIÇO

Acusado de improbidade administrativa, falsificação de documentos, sequestro a um agricultor e ameaças de morte, o prefeito de Monte Horebe, Erivan Guarita (DEM), foi preso e  já está solto e agora resolveu pagar promessa a Nosso Padim Padim Ciço. Ele ganhou liberdade no começo da noite da quarta-feira (20) e foi até a residência da senhora Dezinha Pereira, na zona sul de Cajazeiras, para agradecê-la e cumprir a promessa feita por ela ao padre Cícero Romão Batista e ao Menino Jesus de Praga e que pedia a liberdade do prefeito.

Prefeito de Monte Horebe paga

A aposentada fez a promessa ao padre Cícero Romão Batista e ao Menino Jesus de Praga, pedindo a libertação de Guartira. "Eu fiz a promessa quando soube da ordem de prisão. A única coisa que eu pude fazer foi pedir a Deus para libertar ele, se ele não tiver feito nenhum mal. O pagamento pela graça concedida foi a presença do prefeito na residência da mulher que fez a promessa. Guarita também recebeu de Dezinha uma réplica do Menino Jesus de Praga. E saiu de lá prometendo virar padre.

 



Escrito por tiaolucena às 05h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




COUTINHO DIZ QUE A PARAÍBA PERDEU UM SENADOR AO ELEGER CÍCERO LUCENA

O prefeito Ricardo Coutinho deu a mulesta quando soube que o senador Cícero Lucena, ex-prefeito, mandou bala nele direto da tribuna do Senado, denunciando compra irregular de medicamento. Coutinho procurou a imprensa e disse que Cícero não tinha nenhuma moral para falar dele, pois passou dois mandatos como prefeito e não construiu uma creche com recursos próprios, não fez hospital, sequer posto de saúde e a pouca coisa que fez foi com dinheiro de Lula. E agarrou na goela, como faz um pit bul na hora de beber sangue: "A Paraíba perdeu um senador ao elegê-lo".

Escrito por tiaolucena às 05h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




GILBERTO DIZ QUE CÍCERO NÃO PODE TIRAR LICENÇA

 

 

 

A assessoria de imprensa da Prefeitura divulgou para os portais, jornais, rádios, tvs e similares uma nota dizendo que o senador Cícero Lucena (PSDB) terá que renunciar ao mandato se quiser coordenar pessoalmente a definição do candidato tucano a prefeito de João Pessoa e a campanha nas eleições da Capital paraibana. Segundo a nota da assessoria, este é o entendimento do procurador-geral do Município, Gilberto Carneiro, com base no artigo 43 do Regimento Interno do Senado Federal.
 O artigo em questão estabelece quatro situações para a licença de senadores: tratamento de saúde, tratar assuntos particulares e as tradicionais licenças maternidade e paternidade. No caso da licença para assuntos pessoais, o senador deve, obrigatoriamente, renunciar ao salário enquanto durar o afastamento.
 “A vinda do senador Cícero Lucena para coordenar a campanha do PSDB e definir quem será o candidato tucano não pode ser entendida como interesse particular e muito menos se configura como licença para tratamento de saúde, pois ele estará vinculado diretamente a um candidato. Essa postura, do ponto de vista ético e legal, é totalmente reprovável e pode levar até a um processo no Conselho de Ética”, enfatizou.
 Até mesmo os aliados do senador já deixaram claro com que objetivos ele está se licenciando do mandato. Na imprensa hoje, o vereador tucano Severino Paiva afirma que ‘a Oposição ganha novo fôlego e a campanha, outro rumo. A sua presença possibilitará um embate de igual para igual com o prefeito’.

 



Escrito por tiaolucena às 05h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




EDITORIAL

 

O Blog do Tião nasceu de uma brincadeira. O objetivo do seu nascimento foi abrir espaço para um tipo de comunicação democrático, descontraído, despojado, moleque, atrevido, diferente. Naquela época, não havia quem achasse que o Blog tivesse vida longa, que sequer fosse lido e apreciado. Deveria ser uma nuvem sem chuva, tipo aquela de fiapo que passa nos céus do sertão em tempo de seca, quase escondida.

 

Mas o Blog cresceu, caiu no gosto dos leitores, é acessado aqui e em alhures, tem uma média de quase mil acessos diários, fez-se gente, disse a que veio. Isso foi bom por um lado e por outro criou problema. A partir do seu sucesso, o Blog passou a incomodar  aqueles e aquelas que não entendem o seu espírito gozador. Esses dizem que o Blog do Tião denigre suas imagens, comete injustiças. Mas não é verdade. Pelo menos esta não é a intenção.

 

Em momento algum o jornalista que criou e administra o Blog teve a intenção de ferir a sensibilidade de qualquer pessoa. De jeito nenhum. Até agora, fez o possível para manter uma imparcialidade difícil numa terra tão parcial como a Paraíba. Sempre noticiou um lado e o outro e adotou a filosofia de dizer ao leitor o que acontece na terra paraibana, sem distinguir o rico do pobre e o pobre do rico.

 

Se o pobre toma uma carraspana e abre confusão na bodega da esquina, o Blog informa. Mas se o mesmo comportamento for adotado pelo rico, o Blog tem a obrigação de, também, informar. Não é certo expor o pobre e acobertar o rico. Se vivemos numa democracia, temos que respeitar o direito de cada um. Dispensar tratamento diferenciado em razão da situação financeira e social da pessoa é algo repugnante. Se for para fazer isso, melhor será extinguir o Blog.

 

Mas, repita-se, o Blog do Tião não tem inimigos, não tem tendências, não tem animosidades, não é dirigido a alvo algum. É um Blog de todos e para todos. Um espaço onde o leitor jamais encontrará a mentira planejada e plantada para convencer os incautos.

 

O Blog do Tião, acreditem, não inventa.



Escrito por tiaolucena às 21h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TSE LIVRA A CARA DO GOVERNADOR LUIZ HENRIQUE

 

Luiz Henrique pode ter o mandato cassado - Jaksson Zanco / SECOM

Por 4 votos a 3, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral acataram uma questão preliminar que anula o julgamento contra o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (foto). A dúvida era se o julgamento podia correr sem que o vice dele fosse ouvido no processo.

O julgamento foi retomado hoje, depois de o ministro Marcelo Ribeiro ter pedido vista há uma semana. Com o placar em 3 x 0 pela cassação, os ministros decidiram anular o processo. Ribeiro nem chegou a votar.

O julgamento, segundo os ministros, volta agora à estaca zero. Mas na verdade pode não ser bem assim. Existe um prazo para que se entre com recursos contra a diplomação de governador. O prazo já venceu. Com isso, Luiz Henrique ganha mais um argumento para barrar o processo.

A decisão de hoje muda a jurisprudência da Corte. Até então, o vice dançava junto com o titular em casos de cassação, sem precisar ser ouvido. O argumento era que ambos faziam parte de uma mesma coligação. Agora isso já não é regra.

Foram votos vencidos os ministros José Delgado (relator do processo), Carlos Ayres Britto e Ari Pargendler - que não participou da sessão hoje, mas já havia se manifestado sobre o assunto há uma semana.

- Trata-se de um avanço da Justiça Eleitoral. É desumano condenar alguém sem mesmo tê-lo ouvido. Fere o direito de ampla defesa garantido pela Constituição-, comentou João Linhares, advogado de Luiz Henrique.

A defesa da coligação de Espiridião Amim (PP), autora do processo, saiu do julgamento dizendo que nem tudo está perdido. A esperança do advogado Jackson Domenico é de que as provas apresentadas até aqui para cassar Luiz Henrique sejam aproveitadas.

- Não muda em nada nosso trabalho. Luiz Henrique e também o vice serão cassados-, afirmou Domenico.

Parece que o vice de Cássio, Zé Lacerda, não foi ouvido no processo da FAC.



Escrito por tiaolucena às 20h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




BLOG DO TIÃO DÁ O BIZU

 

Quem fala das aspas em diante é Marcus Pires, nosso correspondente para assuntos intermediários:

"Veja se você conseguiria aprovação para concorrer a uma vaga de assessor parlamentar.
As questões foram elaboradas a pedido de um digníssimo Deputado, para submeter seus parentes a uma prova, demonstrando que os mesmos têm capacidade para assumir os cargos que ocupam, e que essa história de nepotismo é pura  inveja de quem não consegue arranjar uma boquinha, com salário de R$ 10.000,00 !!!!

1) Um grande presidente brasileiro foi Castelo _________
   ( ) Roxo       ( ) Preto       ( ) Branco       ( ) Rosa choque       ( ) Amarelo

2) Um líder chinês muito conhecido chamava-se Mao-Tsé______
   ( ) Tang       ( ) Teng       ( ) Ting       ( ) Tong       ( ) Tung

3) A principal avenida de Belo Horizonte chama-se Afonso_______
   ( ) Pelo       ( ) Pentelho       ( ) Penugem       ( ) Pena       ( ) Cabelo

4) O maior rio do Brasil chama-se Ama_________
   ( ) boates       ( ) zonas       ( ) cabarés       ( ) relinho       ( ) ciante

5) Quem descobriu a rota marítima para as Índias foi __________
   ( ) Volta Redonda       ( ) Fluminense       ( ) Flamengo       ( ) Botafogo       ( ) Vasco da Gama

6) A América foi descoberta por Cristóvão Co_______
   ( ) maminha       ( ) picanha       ( ) alcatra       ( ) lombo       ( ) carne do sol

7) Grande Bandeirante foi Borba _______
   ( ) Lebre       ( ) Zebra       ( ) Gato       ( ) Veado       ( ) Vaca

8) Quem escreveu ao Rei de Portugal sobre o descobrimento do Brasil foi Pero Vaz de ________
   ( ) Anda       ( ) Para       ( ) Corre       ( ) Dispara       ( ) Caminha

9) Um famoso ministro de Portugal foi o Marques de _________
   ( ) Galinheiro       ( ) Puteiro       ( ) Curral       ( ) Pombal       ( ) Chiqueiro

10) D. Pedro popularizou-se quando __________
    ( ) eliminou a concorrência
    ( ) decretou sua falência
    ( ) saturou a paciência
    ( ) proclamou a independência
    ( ) liberou a flatulência

11) Pedro Alvares Cabral _____________
    ( ) inventou o fuzil     ( ) engoliu o cantil     ( ) descobriu o Brasil     ( ) foi pra puta que pariu     ( ) tropeçou mas não caiu

12) Foi no dia 13 de maio que a Princesa Isabel____________
    ( ) aumentou a tanajura     ( ) botou água na fervura     ( ) engoliu a dentadura     ( ) segurou a coisa dura     ( ) aboliu a escravatura

13) Um grande ator brasileiro é Francisco Cu______
    ( ) sujo       ( ) de ferro       ( ) oco       ( ) largo       ( ) apertado

14) O autor de Menino do Engenho foi José Lins do ______
    ( ) Fiofó       ( ) Cu       ( ) Rego       ( ) Furico       ( ) Forevis

15) O mártir da independência foi Tira___________
    ( ) gosto       ( ) cabaço       ( ) que está doendo       ( ) dentes       ( ) e põe de novo

16) D. Pedro I. as margens do Rio Ipiranga, gritou_______________
    ( ) Hortência volte!
    ( ) Eu dou por esporte!
    ( ) Como dói, prefiro a morte!
    ( ) Independência ou morte!
    ( ) Maria, endureceu! Que sorte!



Escrito por tiaolucena às 19h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TAPIOCA NA CARA
por Glauco Fonseca
Sujeito apresenta cartão para pagar a conta no restaurante e o garçom diz:

- O senhor por acaso não teria um outro? Não se trata de problema nem na tarja, nem no chip nem na maquininha. O problema é de ordem ética mesmo. É que lamentavelmente não poderemos aceitar este cartão. Sua despesa não configura urgência e relevância para o Estado brasileiro.

No supermercado, a moça do caixa olha com desdém para o cartão corporativo e diz ironicamente ao cliente:

- O moço encontrou tudo que precisa? Não quer aproveitar para comprar produto para proteção de madeira contra cupim? Não quer aproveitar para comprar lixa de madeira, pregos e verniz? Sim, porque nunca vi tamanha cara-de-pau comprar uísque, picanha argentina e vinho importado com um cartão pago por mim que ganho salário mínimo. Eu, hein?

No posto de gasolina, diz o frentista com as mãos na cintura para o descolado dono do carro particular em pleno sábado à tarde:

- Num sábado, amigão? Indo pra praia, meu chapa? Não aceito. Ou paga com outro cartão ou vou tirar a gasolina. Leva a mal não, cidadão, mas essa gasolina aí ta sendo paga por mim também, né? E eu não tô a fim de rachar contigo, não.

No hotel de luxo, a autoridade apresenta o cartão para pagar a hospedagem. O atendente diz à cliente VIP:

- A senhora não gostaria de pagar com outro cartão? É que, como se trata de dinheiro público, o povo ta numa dureza braba, eu sou povo e estou liso como sabão também, estamos tentando economizar um pouquinho, sabe com é. Se a senhora ajudar, pagando com um cartão próprio pelo menos os extras, já ajudaria nas MINHAS finanças.

Na casa de massagem:

- Olha, amigo, cartão de crédito a gente aceita. Se o cliente for um cara bacana, a gente pendura e até vale-transporte e ticket alimentação a gente recebe. Agora, esse cartão como essa estrela aí eu não vou aceitar não. Aqui a gente passa a mão no cliente, sim. Mas a mão no bolso a gente não mete não e isso aí é dinheiro público. Mão boba aqui só da iniciativa privada.

No freeshop, o rapaz do caixa repassa as compras do cidadão bacana chegando de Miami:

- Cigarros, chocolates suíços, gravatas Hermès, iPods para as crianças. Era só isso, Excelência ou vai cravar mais alguma facada no combalido erário através deste cartão corporativo pago com dinheiro público?

E digo eu:
- Ah, se um dia o povo descobre...


Escrito por tiaolucena às 18h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Senadores trocam empurrões

em plenário após discutir cartões

 

 

Gilvam Borges e Mário Couto tiveram de ser contidos por seguranças da Casa.

Discussão começou no escândalo dos cartões e o gasto de ministro com tapioca.

 

Depois de uma discussão sobre cartões corporativos, os senadores Gilvam Borges (PMDB-AP) e Mário Couto (PSDB-PA) trocaram empurrões e foram contidos por colegas na tarde dessa quinta-feira (21). Após trocarem acusações de “safado”, “vagabundo” e “irresponsável” eles quase partiram para a agressão física.

 

Tudo começou com um pronunciamento de Borges iniciado às 14h08 em que ele chamou a oposição de "irresponsável" por estar cometendo “excessos” no escândalo dos cartões corporativos. “A oposição raivosa, temperamental, irresponsável, que perde tempo falando de coisas que não atingem diretamente o governo deveria reavaliar essas posições”, disse o peemedebista.

 

Ele ridicularizou ainda a necessidade de se investigar uma tapioca comprada por um ministro, em alusão à compra feita por Orlando Silva (Esportes), que devolveu o dinheiro posteriormente.

 

Em seu discurso, Borges falou também sobre os investimentos em seu estado e elogiou o oposicionista Papaléo Paes (PSDB-AP), seu colega de bancada. Couto pediu um aparte e começou a provocar o colega para se decidir se Paes seria responsável ou irresponsável, como a oposição.

Borges ficou contrariado e os dois começaram a travar uma discussão. Couto destacou que a corrupção de R$ 1 e a de R$ 1 milhão tinham o mesmo efeito e que não existe “grau de corrupção”. “É o mesmo efeito e o mesmo grau de corrupção. Não é porque é menos que o grau de corrupção é menor. É dinheiro público, é intocável, é do povo”.

 

Borges rebateu: “Esse negócio de abordar agora problemas de namoro, de fofoca, de tapioca, de não sei o quê, isso não cabe.” Como estava na tribuna, o peemedebista encerrou o discurso e a discussão.

 

Uma hora depois

 

Cerca de uma hora depois, foi a vez de Couto ir à tribuna. Ele começou pedindo respeito a Borges. “Devo dizer à Vossa Exelência que Vossa Exelência não pode mandar nenhum Senador calar a boca. Vossa Exelência tem de pedir desculpa para 1,5 milhão de paraenses que votaram em mim”, disse o tucano.

Depois disso, Couto fez uma grande exposição contra o governo Lula e com ataques a Borges. O peemedebista pediu um aparte, mas, como o regimento não permite, não foi concedido.

Então, Borges pediu ao colega que estivesse na sessão de sexta-feira (22) para debater o tema. Couto disse que não poderia porque estaria em seu estado. Borges rebateu dizendo que o senador deveria comparecer ao trabalho no Senado na sessão desta sexta.

Couto desceu da tribuna e ambos começaram a trocar insultos e a se aproximar, até que partiram para a troca de empurrões. Eles foram separados pelos senadores Kátia Abreu (DEM-TO) e Demóstenes Torres (DEM-GO) e por seguranças do Senado, enquanto Álvaro Dias (PSDB-PR), que ocupava a presidência, suspendeu a sessão.

 

 Dedo em riste

Irritado, o tucano disse que a oposição deveria ser respeitada e partiu com o dedo em riste para cima do peemedebista. Se aproximando, os dois começaram a trocar insultos.

Couto: Vossa Exelência é safado.
Borges: Vagabundo.
Couto: Seu irresponsável, incompetente.
Borges: Abaixe esse dedo.

Nesse momento eles trocaram empurrões e foram separados pelos senadores Demóstenes Torres (DEM-GO) e Kátia Abreu (DEM-TO). Álvaro Dias (PSDB-PR), que ocupava a presidência, suspendeu a sessão.

 

 



Escrito por tiaolucena às 16h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Ivete Sangalo é flagrada aos

beijos com novo namorado

 

 

O namoro é recente, mas parece que Ivete Sangalo está realmente empolgada com Felipe Simão, que conheceu no carnaval de Salvador. 

A cantora está no Rio de Janeiro e aproveita para curtir cada momento ao lado do empresário, que mora na cidade.

Nesta quarta-feira, 20, eles jantaram em um restaurante japonês, em Ipanema, e trocaram beijos a noite toda. Nem mesmo a presença de Preta Gil , que os acompanhava, intimidou o casal. 

Como é característico em casais em início de namoro, Ivete e Felipe não se desgrudaram um só minuto. Enquanto o namorado bebia uma taça de vinho, a cantora fazia um cafuné no empresário.

CINEMINHA

Ivete e Felipe foram flagrados na terça-feira, 19, saindo do cinema onde, segundo fontes, trocaram muitos beijos durante a sessão de "Elizabeth - A era do ouro".

 

 

 

 

 



Escrito por tiaolucena às 16h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ANDRÉIA E JAMILLE FAZENDO UPA CAVALINHO!

Clique na foto para ampliá-la

Com o preço da gasolina nas alturas, as irmãs Andréia e Jamille encontraram um meio mais econômico de se locomoverem: uma montada na outra, andando por essas estradas, debaixo de sol e chuva. Pior seria se pior fosse, já dizia o filósofo Mané Gato segurando o seu pincel de parede. Só espero que elas não nos neguem um biguzinho.



Escrito por tiaolucena às 15h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TSE TÁ COM A MACACA E NÃO ALISA LOMBO DE NINGUÉM:

Presidente do TSE não admite recursos do governador do Maranhão
                                        

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio (foto), negou seguimento aos recursos extraordinários ajuizados pelo governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT-MA) e seu vice, pastor Luiz Carlos Porto no Recurso Contra a Expedição de Diploma (RCED 671), ajuizado pela Coligação “Maranhão - A Força do Povo” (PFL-PMDB-PTB-PV), que apoiou a candidatura de Roseana Sarney (DEM) ao executivo estadual nas eleições de 2006.

Em 27 de dezembro do ano passado, o ministro Marco Aurélio determinou o seguimento do processo que pede a cassação dos dirigentes estaduais. A decisão foi tomada ao se analisar a Medida Cautelar 2278, na qual o governador pedia, liminarmente, a suspensão do RCED 671, até o julgamento do pedido de envio ao Supremo Tribunal Federal (STF) dos recursos extraordinários.

No pedido, o governador Jackson Kepler Lago destacou a relevância constitucional da matéria, afirmando que "o direito aqui tratado transcende a esfera jurídica do próprio pleito e se espraia a toda a sociedade, uma vez que está em causa a representação democrática que constitui pilar do sistema de governo adotado pela Carta Magna".Tanto o governador como seu vice, Luiz Carlos Porto, alegaram ofensa ao artigo 5º, incisos LIV e LV, da Carta Política da República, por entender que foram desrespeitados os princípios da ampla defesa e do devido processo legal, consideradas a possibilidade de produção de todos os meios lícitos de prova em recurso contra expedição de diploma e a limitação do número de testemunhas.

Em sua decisão o presidente do TSE declarou que “não houve adoção de entendimento contrário à Constituição Federal. Observaram-se as normas legais, simplesmente legais, aplicadas à espécie, viabilizando o direito de defesa na medida prevista na legislação instrumental própria”, razões pelas quais negou seguimento aos extraordinários



Escrito por tiaolucena às 15h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




LUCIANO PIRES ACUSA: PROCURADOR EMITIU PARECER CONTRA CÁSSIO SEM LER O PROCESSO

 

Luciano Pires

Agora o cancão pia. O Procurador Geral Eleitoral com assento no TSE deu o parecer no processo da FAC, opinando pela cassação do governador Cássio Cunha Lima, sem ler o processo. Quem garante isso é o   advogado Luciano Pires, que defende a causa do governador Cássio Cunha Lima. Falando ao programa Correio Debate, hoje, quinta-feira, comecinho da tarde, ele afirmou, com todas as letras, que o parecer do Procurador Geral Eleitoral, Francisco Xavier Pinheiro Filho, foi emitido sem que o autor sequer analisasse o processo.

Para ele, o parecer não passa de “uma réplica” daquele que foi emitido pela Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba, e que resultou na cassação do governador Cássio pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Luciano observou que apesar de o processo somar 34 volumes e milhares de páginas, o procurador Xavier emitiu um parecer em uma manhã, sem ter o cuidado de observar às minúcias da questão. Garantiu que a documentação havia chegado ainda nesta manhã ao gabinete do procurador.

O parecer do procurador Francisco Xavier, emitido na manhã desta quinta-feira, foi totalmente favorável ao do Ministério Público Regional Eleitoral, que resultou no pedido de cassação do governador, pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba. O parecer encampa totalmente o voto da Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba e ainda sugere que o segundo mais votado na eleição para governador do Estado (no caso o senador José Maranhão) seja empossado no Governo.

E agora, doutor Xavier, como o senhor se explica?

 



Escrito por tiaolucena às 15h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




JULIANA PAES ACOCORADA PARA O MUNDO

Clique na foto para ampliá-la

A bela Juliana Paes tirou esse retrato especialmente para a galera que gosta dela e não faz segredo. Acocorada ainda por cima, com "chico" dando língua ao tempo, coisa boa de se ver e sentir. Que aproveitem, portanto, fazendo as pazes com a velha munhexca.



Escrito por tiaolucena às 11h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CÍCERO, DEPOIS QUE DUNGA SE EXONEROU, DIZ QUE SÓ SAI EM JULHO

O senador Cícero Lucena decidiu não sair mais do Senado por enquanto. Só pretende sair em julho, conforme declarou à rede Paraiba Sat. Desse jeito, Cícero deixa o pobre do Carlos Dunga com uma mão na frente e outra atrás, já que o dito, que é seu suplente, foi exonerado da Casa Civil para assumir o Senado, cedendo o cargo ao deputado federal Romulo Gouveia. O senador Cícero declara que vai se afastar no tempo certo para fazer um checap. Se não sair logo, quem vai precisar de chegap, de meizinha, de caxete e chá de cidreira é Dunga.



Escrito por tiaolucena às 10h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PROCURADOR GERAL PEDE CASSAÇÃO DE CÁSSIO

 

O procurador geral eleitoral, Francisco Xavier Pinheiro Filho, ofereceu parecer favorável à cassação do governador Cássio Cunha Lima (PSDB). O parecer foi encaminhado ao TSE às 9h45 desta quinta-feira (22), em Brasília.

O parecer do procurador é pela manutenção integral da decisão do TRE da Paraíba, que culminou na cassação, por cinco votos a um, de Cássio e o seu vice, José Lacerda, por abuso de poder e conduta vedada. O julgamento ocorreu no dia 30 de junho, após do processo tramitar por um ano no Tribunal.


Com o parecer pronto, o relator do processo já pode pedir pauta para o julgamento no TSE.

O Caso Fac é o processo da Ação de Investigação Judicial Eleitoral que apura o caso da distribuição de 35 mil cheques pelo Governo do Estado através da Fundação de Ação Comunitária (Fac) no ano eleitoral de 2006. Os cheques, no valor de 150 e 200 reais, foram entregues a eleitores residentes em comunidades carentes de diversos municípios da Paraíba.



Escrito por tiaolucena às 10h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




1BERTO FALA DE JOÃO BALULA

 

Caro Tião,



Acho que estás sabendo: morreu João Balula!


Lembro dele sapateando, mestre-sala sem porta-bandeira, na frente da Malandros do Morro. Sempre achei que Balula não tinha cara de escola de samba. Balula, Tião, era um índio! E mais: um índio africano!

Outra curiosidade que sempre tive foi a de saber o que  significa  o Balula do João. Agora que é um nome de família  não tenho dúvidas. E quem pesquisar a sua origem, descobrirá que é um nome "chique", com origem na cidade portuguesa de Viseu!

Sem dúvidas, Tião,  o carnaval ficou mais triste. E, mais triste ainda, a sua tribo... Isto é, a Tribo Balula!

 Putabraço.

 1 Berto de Almeida



Escrito por tiaolucena às 09h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CÍCERO SE AFASTA PARA COMER PEIXE

O senador Cícero Lucena tirou licença do Senado para fazer política na Paraíba, beneficiando assim o seu suplente Carlos Dunga, que vai passar 120 dias gozando das mordomias de senador, com direito a carro de luxo, motorista, apartamento funcional e um baita gabinete, cheio de secretárias bonitas e cheirosas. O ex-prefeito chegou a dizer por aí que ia fazer checap, mas segundo o portal Jampanews do meu amigo Lelo Cavalcante, Cícero tá novo em folha, gozando e vendendo saúde, tanto assim que foi visto no último sábado em Cabedelo, se abastecendo de peixes e crustáceos no mercado público.



Escrito por tiaolucena às 05h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PRESO NO ESPÍRITO SANTO O MATADOR DA AMANTE

As polícias Civil e Militar de Princesa prenderam, em  São Mateus, Espírito Santo, o criminoso Antonio Juvenal, que matou a sua amante Maria Maevi Pereira Agostinho, de 22 anos.O crime aconteceu no dia 26 de janeiro deste ano, na rua José Sitônio, no centro, da cidade de Tavares/PB e chocou a população. Na ocasião, Maria Maeve se encontrava num bar trabalhando e foi brutalmente assassinada pelo seu amante Antonio Juvenal, que descarregou o seu revólver contra a vítima, chegando a atingi-la quatro vezes. Maeve não resistiu aos ferimentos e faleceu na hora. Antonio, que momentos antes do crime ingerira uma certa quantidade de cerveja, não se conformou com fim do relacionamento entre ambos e decidiu por fim a vida da jovem. Antonio Juvenal já foi recambiado do Estado do Espírito Santo e se encontra preso na Cadeia Pública da cidade de Princesa Isabel, a disposição da justiça.(fonte: blog da companhia de polícia de Princesa)

 



Escrito por tiaolucena às 05h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TRÊS BANDAS TOCARAM NO ANIVERSÁRIO DO PREFEITO

Parecia festa de São João, de Padroeira ou de evento digno de monta. Mas não era. Apesar da pompa, de três bandas tocando na praça e do vai e vem de pessoas na praça de doutor Epitácio, tratava-se simplesmente do aniversário do prefeito, que este ano botou pra quebrar, levando a Princesa, inclusive, a deputada Chica Motta e o ex-deputado Aloysio Pereira. Como o ano é político, como em outubro haverá eleição e o atual prefeito será candidato de novo ao mesmo cargo, a festa ganhou grandeza, teve dimensões enormes. Não se sabe, porém, se as três bandas, cada uma mais renomada do que a outra, foram pagas do próprio bolso do edil, aqui na foto tomada emprestada ao meu considerado Mardson Medeiros ladeado pela deputada Chica e pelo ex-deputado Aloysio, ou se foram financiadas pela Prefeitura. É de se acreditar que não foram, pois o prefeito, todo mundo e a mulher de seu Raimundo estão carecas de saber que dinheiro público não pode ser empregado em gastos particulares.



Escrito por tiaolucena às 04h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TSE NEGA SEGUIMENTO A RECURSO DE DOUTOR SIDNEY

 


  O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou seguimento a dois Agravos Regimentais em Agravos de Instrumento (AG 8683 e AG 8681), ambos interpostos contra decisão do ministro-relator Caputo Bastos que não reconheceu a possibilidade de reformar acórdão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Os recorrentes, prefeito e vice-prefeito do município de Princesa Isabel foram acusados de abuso de poder e uso da máquina administrativa para obtenção de votos nas eleições de 2004. O Juízo da 34ª Zona Eleitoral do Estado da Paraíba havia julgado improcedente Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) proposta por Thiago Pereira de Sousa Soares contra José Sidney Oliveira e Edvaldo Virgulino de Medeiros. Interposto recurso pelo autor da AIME, o TRE-PB deu provimento ao apelo e determinou a posse do segundo colocado, razão dos Agravos interpostos no TSE.

Em seu voto, Caputo Bastos explicou que não há como examinar questões suscitadas apenas no Agravo Regimental, sem que tais alegações tenham sido suscitadas no Agravo de Instrumento ou do Recurso Especial.

De acordo com o ministro, faltou o indispensável prequestionamento das matérias trazidas no recurso. Assim, “para afastar o entendimento da Corte de origem (TRE-PB), que viu configurado o abuso de poder, com potencialidade para alterar o resultado do pleito, seria necessário o reexame de fatos e provas, o que é vedado pela Súmula 279, do STF.


TSE



Escrito por tiaolucena às 20h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CÁSSIO INAUGURA CENTRO DA PB-PREV

     
 

O governador Cássio Cunha Lima inaugurou, às 17h desta quarta-feira (20), o Centro de Atividades para Aposentados e Pensionistas "Padre Juarez Benício," (CEJUB), em João Pessoa. O ambiente, com área total de 3,6 hectares e área construída de 2.416,50 metros quadrados, está localizado no Conjunto Colinas do Sul, na estrada de Gramame. Na construção da unidade, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 3 milhões, recursos da Paraíba Previdência (PBPrev).

Em breve pronunciamento, o governador Cássio Cunha Lima convidou a todos os presentes a conhecerem as dependências do Centro e agradeceu a Ramalho Leite, presidente da PBPrev, e ao secretário da Administração, Gustavo Nogueira, e suas equipes, pelo empenho na concretização de importante obra para o bem-estar dos aposentados, pensionistas do estado e seus familiares.

O Centro de Lazer recebeu as bênçãos do Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto e do Pastor Agnaldo Cavalcanti. O irmão do padre Juarez Benício, Djalma Benício, falando em nome da família do homenageado, parabenizou Cássio pelo exemplar ambiente para os aposentados e pensionistas. A presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado da Paraíba,  Maria José Mendes, agradeceu ao governador e a Ramalho Leite pela construção do Cejub.



Escrito por tiaolucena às 19h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




POLÍTICOS FAZEM TROCA-TROCA

http://

Cícero Lucena entra de licença para dar lugar a Carlos Dunga, que agora vira senador por alguns meses. E o gordo Romulo Gouveia vai pru lugar de dunga, abrindo vaga para o suplente Tarcísio Marcelo na Câmara Federal. É todo mundo e a mulher de Seu Raimundo trocando



Categoria: Link
Escrito por tiaolucena às 19h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PROCURADORIA RESGATA CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS NO CARIRI

 

 

Procuradores do Estado e assessores da Procuradoria Geral passaram três dias no cariri paraibano resgatando créditos tributários do Estado e atualizando processos de execução fiscal que tramitam nas comarcas de Monteiro, Sumé, Prata, São João do Cariri e Serra Branca. De segunda até esta quarta feira, três Procuradores do Estado e quatro assessores examinaram cerca de 200 processos, mantiveram audiências com comerciantes e pessoas com pendências fiscais e negociaram diversos parcelamentos.

 

Trata-se de um trabalho posto em prática pela Procuradoria, por orientação do Procurador Geral do Estado, Harrison Targino, com o objetivo de agilizar a tramitação dos processos de execuções fiscais e também de outras ações em que o Estado figure como autor.

 

Os Procuradores Dario Gurgel, Sebastião Lucena e Olga Franco passaram três dias no cariri e também foram até Princesa Isabel, onde mais de 100 ações tramitam nas duas varas cíveis daquela Comarca e na qual pretendem realizar trabalho idêntico ao feito em Monteiro, Serra Branca, Sumé , São João do Cariri e Prata,  faltando apenas acertar a data com o juiz princesense.

 

É de se destacar o apoio recebido pela equipe da PGE das duas juízas de Monteiro e da juíza de Sumé, fundamental para o sucesso do trabalho. Também a equipe contou com a colaboração da prefeita de Monteiro, Lourdinha Aragão, que disponibilizou computadores e outros equipamentos da Prefeitura para os Procuradores e assessores  peticionarem nos processos examinados.

 

Até agora a Procuradoria realizou esse tipo de trabalho em Patos e Sousa, com absoluto sucesso e a pretensão é atingir todos os 10 núcleos da PGE que têm sede em João Pessoa, Campina Grande, Cuité, Guarabira, Patos, Monteiro, Catolé do Rocha, Itaporanga, Sousa e Monteiro.

 



Escrito por tiaolucena às 19h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TSE devolve recurso contra o senador José Maranhão (PMDB) para julgamento pelo TRE da Paraíba
                                         

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por unanimidade, e de acordo com o voto do relator, ministro Caputo Bastos, negou provimento ao Agravo Regimental no Agravo de Instrumento (AG 8744), interposto pela Coligação “Por Amor à Paraíba” (PFL/PSDB/PSD/PST/PV/PRTB) na tentativa de reverter decisão do Tribunal Regional do estado (TRE-PB) que julgou improcedente Representação ajuizada contra José Maranhão e Ney Suassuna, candidatos do PMDB derrotados nas últimas eleições, respectivamente para o Governo estadual e para o Senado. Eles foram denunciados por suposto uso indevido de um jornal em benefício de suas candidaturas nas eleições de 2006.

Não satisfeita com a decisão regional, a coligação apelou ao TSE por meio do AG 8744, analisado pelo ministro Arnaldo Versiani (substituto do relator), que conheceu o recurso como ordinário e determinou o processamento da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) no TRE e a subida do RO ao TSE.

Por sua vez a defesa do senador José Maranhão opôs o presente Agravo Regimental, indeferido na Sessão Plenária de ontem (19), quando o colegiado, acompanhou o voto do ministro Caputo Bastos que afirmou que este caso é semelhante ao do AG 8668, quando o ministro Ari Pargendler entendeu que “se a Representação ataca a expedição de diploma, o respectivo acórdão está sujeito a Recurso Ordinário, tenha ou não sido reconhecida a procedência do pedido, de acordo com o inciso II, do parágrafo 4º, artigo 121 da Constituição Federal”.

Assim, o TSE desproveu o Agravo Regimental, com a ressalva, feita pelo relator, quanto à possibilidade de o colegiado examinar a natureza do Recurso, quando ele aqui chegar(site do TSE).



Escrito por tiaolucena às 18h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




1BERTO DE ALMEIDA SUGERE NOME PARA O BLOCO

 

Caro Tião, Putabraço,


1 -  Leitor assíduo do  teu Blog, tipo  que não dispensa nem bula de remédio nele publicada,   li e reli e esperei conhecer  as muitas  sugestões que  chegaram em tuas mãos, via imeio,  sugerindo os mais diversos e criativos nomes pra o bloco que prometes colocar na rua, no próximo carnaval.

 B -  Não sou de me guardar, como o Chico Buarque, pra quando o carnaval chegar. Nesse país de mascarados - uma quadrilha! - o carnaval, pelo menos o deles, está todos os dias nas ruas e dentro de suas casas, essas em que as privadas são mais limpas que as suas vidas públicas. Mas, passou o carnaval, e fiquei a imaginar  qual seria um bom  nome para o teu bloco. Tião vai botar o seu bloco na rua... E o nome do bloco ?

E -  Não sei qual a idéia de bloco que passa pela tua cabeça. Imagino uma assim... Que tal   Casaca de Couro em Folia ? Tião em Folia ? FoliTião ? Descabelando o Palhaço ? O Todo Cavernoso ? O Cheio de Veias ?  Tapioca na Vara ?  Tira a Boca Dela  ? Amassadores de Bombril ?

 R - Imagino, ainda, aproveitando os nomes dos blocos -  como dizem as mocinhas - e como! - depiladazinhas como bunda de nenê, -  que pegaram como as Virgens de Tambaú - como também! -, Muriçocas de Miramar e Dixmanteladas (esse é horrível!) do Cristo,  que tal nomes como  O Meu Bloco na Rua, Saia Como Pode, Princesas (olhai!) e Plebeus, ou, não sei o porquê da escolha, Vermelho 27.

T - Lembrei ainda de um nome que tem muito a ver com as coisas publicadas no teu blog: Bloco do Tião Medonho!  Verdade que enquanto alguns nada têm a ver com os nomes de seu ou seus criadores, outros são o ou os próprios nomes.  "Os Amigos do Chico (Buarque)". lembro,  saiu este ano pela primeira vez. O homenageado nem pensou em criar o bloco, mas criaram e batizaram com  o seu nome.   Então, por que não O Bloco do Tião ?

O -  E por que não, ainda,  apenas para avaliação dos teus leitores não colocas em pauta os nomes por eles enviados,  e aqueles que pensas ou pensaste em  colocar no  teu bloco ? E o  escolhido, Tião,   um merecido prêmio, ganharia o direito de carregar o  estandarte em sua estréia.

De Almeida: Bem, Tião, por enquanto, sem me guardar para o próximo carnaval, mas trabalhando feito um feladaputa, pulando como sapo pra ver se continuo escapando das pragas de urubu, fico por aqui. Um putabraço.



Escrito por tiaolucena às 18h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MODELO SE ENTOPE DE MACARRÃO EM PROTESTO CONTRA ANOREXIA

Grife italiana Premoli coloca modelo em banheira de espaguete contra a anorexia. Enquanto isso, em Princesa, Lurdes de Jobilino se prepara para comer preá apimentado com angu no Bar de Zé de Biu.


Escrito por tiaolucena às 16h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SBT QUER REDUZIR SALÁRIO DE GALISTEU

A coitadinha só ganha R$ 500 mil por mês, uma mixaria

Joao Sal/Folha Imagem




Escrito por tiaolucena às 16h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PF PRENDE FRAUDADORES DO INSS

A Força Tarefa Previdenciária no Amazonas, composta por servidores do INSS, Polícia Federal e Ministério Público Federal, prendeu nesta quarta-feira dez pessoas envolvidas em um esquema de fraudes contra a Previdência Social. A quadrilha é suspeita de ter causado aos cofres públicos um prejuízo de ao menos R$ 1,2 milhão, valor que pode chegar a R$ 14 milhões no período de um ano.

A operação, intitulada "Hígia", contou com 110 policias federais e técnicos do INSS para cumprir dez mandados de prisão e 13 de busca e apreensão. Entre os presos, segundo o informado até agora pela PF do Amazonas, estão um médico perito, dois servidores, quatro médicos particulares e três agenciadores.

O esquema envolvia fraudes em benefícios previdênciários de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez em Manaus. As investigações, iniciadas em maio de 2007, concluíram que a quadrilha era composta por um médico perito do INSS, dois servidores, quatro médicos particulares e seis agenciadores --além de titulares de benefícios supostamente fraudados, essas pessoas aliciavam beneficiários e ficavam com metade do valor dos benefícios conseguidos.

De acordo com a PF, o esquema consistia no uso de atestados falsos, exames maquiados ou fraudados, laudos e perícias inidônias e agendamento e direcionamento criminosos de perícias por parte dos servidores envolvidos para o médico integrante da quadrilha.

A ação foi batizada de "Operação Hígia" em referência à deusa da saúde na mitologia grega. Segundo a PF, daí deriva-se a palavra higidez (ou estado de saúde), deturpada nas fraudes registradas.


Escrito por tiaolucena às 15h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DOMINGUINHOS RENUNCIA EM FAVOR DE ZÉ NOMINANDO

http://

O vereador Domingos Sávio Maximiano Roberto, de Princesa, anunciou indagorinha que não é mais candidato a prefeito daquela cidade, porque decidiu apoiar a candidatura do engenheiro José Nominando, segundo ele, uma pessoa que reúne condições não só de vencer o pleito mas também dar à administração de Princesa Isabel um impulso inovador e progressista. A vice de Zé Nominando será Cleonice.



Categoria: Evento
Escrito por tiaolucena às 10h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CHICO PINTO MORRE DE INFECÇÃO GENERALIZADA

 


 

Tribuna da Bahia
Notícias
-----------------------


 

   O ex-deputado baiano Francisco Pinto faleceu na tarde de ontem, aos 77 anos, na UTI do Hospital São Rafael. Ele foi internado no final de novembro para tratar de uma infecção urinária. Entretanto, seu quadro clínico evoluiu para uma infecção bacteriana generalizada. O ex-prefeito de Feira de Santana era hipertenso, doente renal crônico e tinha doença cardíaca coronária. Seu corpo será velado na Câmara de Vereadores de Feira de Santana, e o sepultamento está previsto para as 16 horas de hoje, no Cemitério Piedade. O governador Jaques Wagner, que lamentou a morte do ex-deputado decretou luto por três dias na Bahia.
  Integrante do Grupo Autêntico do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Chico Pinto, juntamente com Marcos Freire, Ulysses Guimarães, Tancredo Neves, Pedro Simon, Fernando Lyra, Cristina Tavares, Hélio Duque, dentre outros, percebeu que poderia negociar com os militares nacionalistas a distensão política e a partir daí fazer com que as Forças Armadas começassem a debater, dentro dos quartéis, a situação do País, que há muito tempo vivia sob um regime de força, que perseguia, demitia, cassava, exilava e até matava.
  O próprio Chico Pinto foi vítima desse processo, quando prefeito de Feira de Santana, em 1964, foi cassado. Em 1970, o político baiano foi eleito deputado federal e passou a aglutinar os parlamentares do Grupo Autêntico. Este fato estabeleceu limites entre a oposição e o Governo, com a finalidade de, pela primeira vez, os militares ouvirem a oposição sem, no entanto, reprimi-la, ao ponto de ela não poder colocar suas reivindicações na mesa de negociação política.
  No ano de 1974, Chico Pinto discursou contra a presença do general chileno Augusto Pinochet no Brasil. Sua atitude o levou à cassação. O político perdeu mandato, mas apostou na antican-didatura à Presidência da República de Ulysses Guimarães e Barbosa Lima Sobrinho, o que chamou a atenção da comunidade internacional e principalmente do povo brasileiro, que percebeu de fato que o Brasil vivia em uma ditadura. Em 1978, Chico Pinto apoiou a candidatura à Presidência do general nacionalista Euler Bentes, que concorreu pelo MDB. Este episódio dividiu as Forças Armadas, que passaram a perceber que haviam muitos militares, de postos superiores, que não apoiavam o regime de força.
  O deputado federal Marcos Medrado (PDT) disse que Chico Pinto deixou uma história de lutas, de ideais e de perseverança. Para homenageá-lo, Medrado propôs ao Congresso Nacional colocar o nome do político baiano na BR-324, rodovia que liga Salvador a Feira de Santana. “Seria uma forma de fazer uma justa homenagem a este grande líder político”, acrescentou.
  Para o diretor-presidente da Tribuna da Bahia, Walter Pinheiro, “ pela tenacidade e coerência com que sempre defendeu seus pontos de vista, pela dignidade com que sempre se portou na vida pública, Chico Pinto tornou-se um político exemplar, merecedor da admiração dos seus contemporâneos e das futuras gerações”.
  O empresário e escritor Joacir Góes assim se manifestou sobre a morte do amigo: “ Desde a minha juventude que eu já o tinha elegido como um de meus maiores ídolos. Eu ainda era estudante quando ele foi eleito prefeito de Feira de Santana, mesmo contra a vontade de muitos. A partir daí a nossa relação só fez crescer. Lembro como se fosse hoje quando dei a notícia a ele da morte de Salvador Allende, que motivou o famoso discurso na Tribuna da Câmara criticando o presidente Geisel por estar recebendo um assassino internacional. Chico foi um modelo de político dotado de espírito publico e que nunca tirou vantagem própria disso. Num momento como esse, que vemos um monte de marginais dominarem a política, lamentamos o desaparecimento de um exemplo, não só de político, mas também de cidadão e amigo”. O secretário estadual de Turismo, Domingos Leonelli, disse que Chico Pinto foi um expoente da política do país seja no combate aos anos de chumbo, seja no processo de redemocratização brasileira.



Escrito por tiaolucena às 08h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TELEMAR ACHA GRAMPO EM HOTEL QUE HOSPEDOU LULA 

O ex-funcionário da área técnica da rede de acesso da Telemar José Luiz da França Neto explicou nesta terça-feira que a Telemar fazia a vistoria dos locais que o presidente da República visitasse no Rio de Janeiro. Ele contou, sem especificar a data, que, certa vez, encontraram equipamento para grampo em uma das linhas no hotel onde estava hospedado o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De acordo com o França Neto, o Setor de Rede de Acesso da Telemar atuava na investigação de denúncias sobre linhas telefônicas que poderiam estar grampeadas. O técnico informou que encontraram até aparelhos de MP3 adaptados para a escuta ilegal. José Luiz da França Neto presta depoimento na CPI das Escutas Telefônicas, na Câmara dos Deputados. (Agência Câmara)



Escrito por tiaolucena às 08h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PROPOSTA DÁ PORTE DE ARMA A VIGIAS

O Projeto de Lei 2287/07, do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), garante aos vigilantes privados o direito de portar armas, mesmo fora do
trabalho. Na opinião de Lorenzoni, "apesar de possuírem cursos de profissionalização e treinamento, os vigilantes privados retornam para
casa sem o instrumento que lhes garante a segurança". A proposta também estende esse direito a agentes e guardas prisionais, integrantes das escoltas de presos e às guardas portuárias.

Pela Constituição, têm direito ao porte de armas fora do exercício de suas funções somente integrantes das Forças Armadas e das guardas
municipais de cidades com mais de 500 mil habitantes, policiais civis, militares e da polícia legislativa, e agentes operacionais da Agência
Brasileira de Inteligência (Abin).

Tramitação
A proposta terá análise em caráter conclusivo nas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e
Justiça e de Cidadania.



Escrito por tiaolucena às 23h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Justiça liberta 27 condenados por crimes hediondos no Tocantins



Escrito por tiaolucena às 23h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Tigresa maltratada ganha a liberdade

Fiscais florestais da Índia libertam tigresa na região do rio Sundarikati, nesta segunda-feira; a fêmea foi resgatada em Sunderbans, a 150 km ao sul de Kolkata, após sofrer maus-tratos da população local.

Escrito por mlucenafilho às 19h10
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
Lindsay imita Marilyn
 
A atriz americana Lindsay Lohan, 21, estampa a capa da revista "New York Fashion" em um ensaio inspirado no último feito pela atriz Marilyn Monroe (morta em 5 de agosto de 1962).


Escrito por tiaolucena às 18h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ANINHA, TODA PURA, SÓ VAI DAR QUANDO CASAR

01_04_lrg.jpg

Ela está na flor da idade, pronta para casar. Diz que só vai dar quando o padre der a ordem e não adianta insistir. Os avexados, portanto, se comportem, porque Aninha não vai ceder, de jeito nenhum. A não ser que apareça algum sósia de Mané Gato ou de Antonio de Sussú e lhe mostre a ferramenta. Pode acontecer que, vendo o tamanho, ela se derreta e mude de idéia.



Escrito por tiaolucena às 14h40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DEU NO BLOG CARIRILIGADO:

Jovem é preso emprenhando uma porca em Monteiro

Porca estava amojada e abortou mais de 10 bacurins

Policiais de Monteiro prenderam na tarde desta segunda-feira (18), o jovem Cleydson Ferreira de Souza, de 23 anos, conhecido popularmente por Mica, que foi autuado em flagrante e encontra-se a disposição da justiça.

A denúncia partiu do proprietário do animal, que acionou a polícia e quer ser ressarcido, pois ficou no prejuízo dos 14 porquinhos que seriam vendidos ainda este mês.

Relatos policiais dão conta que Mica fez amor com a porca, deitou do lado da mesma e ainda fumou um cigarro, como se nada tivesse acontecido.




Escrito por tiaolucena às 14h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Foto de arquivo mostra Fidel e o premiê russo Nikita Khrushchev em Moscou, em 1963; o líder cubano renunciou, nesta terça-feira, à chefia do país, após 49 anos no poder.

 

Fidel renuncia à Presidência de Cuba

O presidente cubano Fidel Castro, 81 anos, anunciou nesta terça-feira a renúncia à Presidência de Cuba e a seu cargo de comandante do Partido Comunista após 49 na liderança da ilha comunista. O líder cubano, que encabeçou a Revolução Cubana em 1° de janeiro de 1959, está afastado do cargo desde julho de 2006, quando uma doença intestinal o obrigou a transferir seus poderes ao irmão Raúl Castro, 76.

A decisão, comunicada por meio de um artigo publicado no jornal estatal "Granma", surge a poucos dias da escolha dos novos membros do Parlamento. Fidel, 81, afirmou que não participará da reunião da Assembléia Nacional, no próximo dai 24, para escolher os 31 membros do Conselho de Estado (Poder Executivo).

"A meus queridos compatriotas, que me deram a imensa honra de me eleger recentemente como membro do Parlamento, em cujo seio devem ser adotados acordos importantes para nossa Revolução, comunico que não aspirarei e nem aceitarei --repito-- não aspirarei e nem aceitarei o cargo de Presidente do Conselho de Estado e Comandante em Chefe", escreveu Fidel.

"Trairia minha consciência ocupar uma responsabilidade que requer mobilidade e entrega total quando não estou em condições físicas de oferecer isso", afirmou. Ao fim de sua mensagem, Fidel Casto se refere ao processo político cubano, e afirma que conta "com a autoridade e a experiência para garantir plenamente a sua substituição".



Escrito por tiaolucena às 10h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MANDADOS DE PRISÃO NUMA CENTRAL ÚNICA

O Projeto de Lei 2327/07, da Comissão de Legislação Participativa,prevê a implantação de uma central que reuna todos os mandados de
prisão expedidos pelos tribunais. O projeto altera o Código de Processo Penal. De acordo com a proposta, os tribunais do País, em seu
conjunto, deverão manter um registro centralizado de todos os mandados de prisão. A regulamentação do funcionamento da central deverá ser
feita por ato normativo do Superior Tribunal de Justiça, a ser baixado após a sanção da nova lei.

O projeto foi sugerido pelo Conselho de Defesa Social de Estrela do Sul (MG). A entidade argumenta que a central evitará a duplicidade de
mandados, facilitará o cumprimento efetivo das prisões e permitirá o compartilhamento de informações entre os diversos tribunais do País.
Atualmente, o compartilhamento de informações sobre os mandados de prisão já vem sendo executado entre alguns tribunais, através de
procedimentos administrativos.

O projeto, de acordo com a entidade, tem a virtude de permitir a institucionalização desses procedimentos, uniformizando sua aplicação,
através de uma norma inserida no Código de Processo Penal.

Tramitação
O projeto será analisado pela Constituição e Justiça e de Cidadania e pelo Plenário.
(Agência Câmara).



Escrito por tiaolucena às 10h03
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Promotor dispara acidentalmente em agente da PF em aeroporto de SP

Um promotor de Justiça do Amapá atirou acidentalmente contra um agente da Polícia Federal do Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.

O acidente ocorreu na Delegacia da PF no aeroporto, quando o promotor --que não teve o nome revelado-- foi retirar sua arma após chegar no aeroporto. A companhia aérea ficou com a pistola.40 e entregou a arma quando o avião aterrissou em Congonhas, procedimento comum segundo a assessoria da PF.

Segundo a PF, no momento em que o promotor manuseou a arma na retirada, a pistola disparou e o tiro acertou o joelho esquerdo do policial, que tem 45 anos. Ele foi atendido no setor de emergência do aeroporto e encaminhado para um hospital.

A delegacia elaborou um termo circunstanciado (boletim de ocorrência de menor potencial ofensivo) de lesão corporal culposa --sem intenção. Uma perícia foi realizada na delegacia e a arma foi apreendida para também ser periciada.

A PF enviou um ofício à Procuradoria de Justiça do Estado do Amapá onde informa sobre a ocorrência envolvendo o promotor.



Escrito por tiaolucena às 09h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PARA BEBER ATÉ O ÚLTIMO GOLE

Em de uma taça gigante de champanhe, Paris Hilton canta e rebola para o delírio da galera.


Escrito por tiaolucena às 09h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PAULO MARIANO, ALTERNATIVA EM PRINCESA

Miguel Lucena

Cansados da briga entre os chamados bocas-pretas e rabos-de-couro, partidários dos Diniz e Pereira, que se revezam no poder em Princesa desde os primórdios do século passado, alguns eleitores princesences começam a organizar um movimento para lançar o historiador Paulo Mariano como alternativa à Prefeitura do município.

Paulo, ex-combatente do Grupo dos 11, de oposição ao regime militar, comandado por Leonel Brizola, retornou a Princesa fugindo da perseguição política e de lá não mais saiu. Casou, teve filhos, escreveu livros e em 1982 foi o candidato do PMDB a prefeito de Princesa, desafiando as oligarquias locais e apoiando a candidatura de Antonio Mariz, que enfrentava a máquina do PDS de Wilson Braga. Perdeu a eleição, mas deixou uma chama de esperança.

Quando Joaquim Mariano morreu, Paulo herdou terras e as doou ao povo, fazendo sua própria reforma agrária. Os moradores do bairro do Matadouro, não sei se por ignorância ou ingratidão, não fazem menção ao fato de que moram nas terras doadas por Paulo Mariano, um nome digno de se votar. 



Escrito por tiaolucena às 07h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





O SUPERLULA

CRISE DA CPMF, FEBRE AMARELA, FARRA DOS CARTÕES?
NADA ABALA A IMAGEM DO PRESIDENTE, QUE ATINGE SEU MAIS ALTO ÍNDICE DE POPULARIDADE DESDE JANEIRO DE 2003

Apesar de o governo ter vivido uma crise atrás da outra nos últimos meses, a mais recente pesquisa CNT/Sensus aponta um crescimento de cinco pontos percentuais na popularidade do presidente. Nada menos que 66,8% da população aprova o desempenho de Lula, o mais alto índice desde a primeira posse, em janeiro de 2003. E não é que os brasileiros estejam alheios à realidade. Sobre a febre amarela, 93,4% estão atentos ao aumento no número de casos da doença, mas não atribuem a culpa apenas ao governo. Dos 64,1% que acompanham o escândalo dos cartões corporativos, 83,1% defendem o seu fim. A confiança no presidente tem a ver sobretudo com o bom momento da economia. Existe a expectativa de que a criação de empregos e a elevação dos salários vão continuar nos próximos meses (Correio Braziliense).

Escrito por tiaolucena às 07h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O pau comeu em Catingueira,

durante sessão na Câmara


A volta dos trabalhos da Câmara Municipal de Catingueira foi marcada por muita confusão, denúncias, vaias, quebra-quebra e gente até puxando faca. Foi um verdadeiro pandemônio que precisou da interferência do Choque do III Batalhão.

Tudo decorreu a partir das denúncias da Controladoria Geral da União, que identificou 108 irregularidades na administração do atual prefeito, Edivan Félix, dias atrás.

As graves denúncias levaram a oposição a torná-las públicas na Câmara Municipal, com o desejo de criação de uma CPI, cuja finalidade é a cassação de Edivan. O PTB ficou a cargo de apresentar as irregularidades e o fez.

O presidente da Câmara, Casa Severino Tibúrcio, Emídio Chagas, não colocou a matéria de acusação para que fosse apreciada pelos parlamentares mirins e cedeu a palavra a Edvan Félix.

 

Dentro e fora da Câmara havia cerca de 300 pessoas. Foi solicitado apoio da PM para evitar algum tumulto.

 

O quebra-quebra de cadeiras, bebedouros e outros equipamentos teve início logo após o discurso de Edvan. Durante a confusão um senhor puxou da cintura uma faca-peixeira, porém a polícia agiu rápido e desarmou o senhor, Antônio Ancelmo.

 

Ainda durante a sessão aconteceu caloroso bata-boca entre os advogados da Câmara e os dois contratados pelo PTB, partido de oposição que já deu entrada com pedido de afastamento do cargo do prefeito de Catingueira junto ao Ministério Público.



Escrito por tiaolucena às 10h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Istoé: Desfecho para processo

de Cássio está próximo no TSE

 

 

Istoé: depois de Luiz Henrique, Cássio é o próximo

O Poder Judiciário tem dado sinais de que algumas coisas estão de fato mudando no País. O primeiro foi a aceitação da denúncia, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), contra os 40 mensaleiros, entre eles colaboradores muito próximos do presidente Lula. Outro sinal veio quando o mesmo STF decidiu tomar para si a decisão sobre fidelidade partidária.

Em 2008, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), estarão na berlinda sete dos 27 governadores estaduais, mais quatro senadores e 25 deputados federais. Eles serão julgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por irregularidades eleitorais, quase sempre compra de voto ou algum tipo de abuso de poder econômico.

Há mais 19 processos contra deputados federais e dois contra senadores – um deles contra o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento – que tramitam nos tribunais regionais. Em muitos casos, os políticos envolvidos alegam que os processos são tentativas desesperadas de seus adversários para reverter o resultado eleitoral.

O que é certo, contudo, é que a Justiça tem sido mais rigorosa e mais rápida no julgamento de crimes eleitorais, o que estimula o aparecimento de novas ações. Atitudes antes consideradas banais, como churrascos, festas e distribuições de brindes para eleitores, não têm sido mais toleradas.

No TSE, há dois casos perto de desfecho. O governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB), é julgado por propaganda antecipada. O relator do seu processo, José Delgado, votou pela sua cassação em agosto. Interrompido, o julgamento foi retomado na quinta-feira 14.

Depois de Luiz Henrique, há o caso do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PMDB), que responde a dois processos. No primeiro, movido pelo Ministério Público, é acusado de ter distribuído dinheiro a cabos eleitorais a partir de um programa social da Fundação de Ação Comunitária, na sua campanha de reeleição. No segundo, de autoria de seu adversário na campanha, o senador José Maranhão, também do PMDB, a denúncia é de abuso de poder pelo uso indevido do jornal A União, do governo do Estado, em seu favor. Nos dois casos, Cássio foi condenado pelo TRE paraibano, e governa por meio de liminar até a decisão final do TSE.

Ivo Cassol (PPS), governador de Rondônia, também é acusado de ter comprado votos de cabos eleitorais. Tanto ele como o senador Expedito Júnior (PR-RO) mantêm-se no cargo por meio de liminar De acordo com a denúncia, 95 funcionários da empresa Rocha Vigilância, que pertence a um irmão de Expedito Júnior, teriam recebido R$ 100. Em troca, trabalhariam para Cassol, Expedito Júnior e parentes de ambos. Também estão na lista os governadores do Maranhão, Jackson Lago (PDT), Marcelo Déda (PT), de Sergipe, e Teotônio Vilella Filho (PSDB), de Alagoas.

Para o ministro José Delgado, corregedor do TSE, o grande número de processos é resultado da aplicação mais rigorosa do que propõe o único projeto de iniciativa popular até hoje existente no País: o artigo 41-A da lei eleitoral, que prevê a cassação do mandato de “qualquer candidato em que haja comprovação de ter prometido, comprado ou concorrido para obter voto para si ou para interposta pessoa”. Não há quantidade mínima de valor ou de voto para que tal dispositivo se aplique.

“Se ficar provada a compra de um voto, isso já é motivo para cassação”, explica Delgado. “Ao longo de cada eleição, vão se firmando jurisprudências que depuram e tornam mais rigorosos os processos. A Justiça vai se adaptando ao que a sociedade quer dela”, continua o ministro. Desde 2004, a Justiça Eleitoral já cassou 159 prefeitos. Na legislatura passada, o TSE tirou o mandato de quatro deputados e de um senador por compra de votos.



Escrito por tiaolucena às 10h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CÁSSIO ESCOLHE ADVERSÁRIO DE VENEZIANO

 

Os partidos que fazem oposição ao prefeito Veneziano Vital do Rego (PMDB), em Campina Grande, se reúnem nesta segunda-feira, 18, para definir a escolha do candidato à sucessão nas eleições de outubro. Não há consenso entre os partidos, mesmo diante das pesquisas que apontam o deputado federal Rômulo Gouveia (PSDB) com a preferência para ser o candidato de oposição.

Rômulo aparece com 20% nas pesquisas internas do PSDB, contra 10% dados ao deputado Romero Rodrigues, atual secretário-chefe do escritório de representação do Governo do estado no município.

O deputado Manoel Ludgério (PTB), por exemplo, que apóia a candidatura do deputado federal, afirmou que os demais pretendentes, Arthur Cunha Lima e Romero Rodrigues (ambos do PSDB), além de Daniela Ribeiro (PP), precisam se conformar diante da performance de Rômulo nas pesquisas.

“Ganha eleição quem tem voto. Acho que os demais precisam se conformar”, disse Ludgério.



Escrito por tiaolucena às 22h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




EM PRINCESA, MARIDO MANDA PRENDER MULHER BÉBADA

http://

Só em Princesa acontece coisa assim. Segundo informe da Polícia Militar, foi presa por embriaguez e desordem, no sítio Cedro, a agricultora Cilene dos Santos, 35 anos. A Polícia Militar foi acionada pelo esposo da acusada. Segundo ele, Cilene se encontrava bastante alcoolizada e provocando desordem, não lhe restando outra alternativa, a não ser chamar a polícia. tar,



Categoria: Evento
Escrito por tiaolucena às 22h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




LEITOR QUER SABER COMO ANDA O CASO DA SECRETÁRIA

 

O leitor Pádua Brindeiro manda perguntar a quantas andam as investigações sobre o atentado à secretária de Saúde da Prefeitura, Roseana Meira. E ele está coberto de razão. Nunca se viu tanto mistério. Afinal, o que houve com a secretária? Terá sido atentado ou armação? Isso o povo quer saber e o secretário da Segurança, tão cioso na hora de apresentar bandidos à imprensa, está com a faca e o queijo para dar vazão ao seu exercício preferido. O que não pode é continuar nesse mistério, nesse esconde-esconde, nesse nhém-nhém-nhém. Vejam o bilhete do amigo Pádua:

"Prezado TIÃO,
Leitor assíduo  que sou do seu BLOG e admirador crescente da sua inestimável pessoa, gostaria, através desse espaço que você coloca a disposição dos seus leitores, perguntar sobre o andamento do INQUÉRITO POLICIAL do atentado sofrido pela Secretária de Saúde, a Sra. Roseana Meira.
Decorrido praticamente um ano ( em março próximo) do acontecimento, cabe uma pergunta: O que realmente se passou àquela noite? Há culpados? Terá sido mesmo um atentado ou tentativa de homicídio como toda a Imprensa e a Prefeitura veiculou à época?
Acho uma enorme falta de respeito para com os leitores que acompanharam a Imprensa que um episódio como esse caia no ESQUECIMENTO da população e dos seus governantes.
A JUSTIÇA  e o DIREITO têm que ser tratados de forma mais respeitosa, bem como nós, singelos, mas não menos importantes leitores dos veículos de comunicação existentes. Meus sinceros agradecimentos por estar tomando o seu tempo, mas sobretudo por ter acesso a sua pessoa.
 
Fraternal e carinhoso abraço,
Pádua"





Escrito por tiaolucena às 22h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




"A BATALHA DO CASARÃO DOS PATOS. UM DOS MOMENTOS MAIS SANGRENTOS DA GUERRA DE PRINCESA, EM 1930", POR ROSTAND MEDEIROS

 

 
Ao longo da história da região Nordeste do Brasil, não faltam ocorrências que perpetuam a valentia de alguns, a covardia de muitos, onde histórias regadas a sangue, com muitos tiros, correrias e tropelias são facilmente ouvidas.

Em toda a região, este tipo de relatos são passados as novas gerações, muitas vezes através da tradição oral, do folheto de cordel e depois são documentados em livros, servindo então de temas para teses acadêmicas, que contestam ou corroboram os fatos.

Outras vezes o espectro é ampliado e estas sagas chegam ao teatro, a televisão e ao cinema. Mas a tônica é uma só; estes episódios são sempre conhecidos e repetidos pela região.

Neste sentido, é de se estranhar que atualmente na região ocorra um acentuado desconhecimento e uma estranha falta de informações sobre o conflito conhecido como a “Guerra ou Sedição de Princesa”, deflagrado no ano de 1930, na região da atual cidade paraibana de Princesa Isabel, próximo à fronteira com Pernambuco.

Esta guerra (e não a nenhum exagero de assim chamá-la), foi pródiga de episódios interessantes e cruéis, onde tudo começou através de discórdias políticas e econômicas, envolvendo o governador eleito da Paraíba em 1927, João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque e poderosos coronéis do interior do Estado.

João Pessoa discordava da forma como o grupo político que o elegera conduzia a política paraibana, onde era valorizado o grande latifundiário de terras do interior, possuidores de grandes riquezas baseadas no cultivo do algodão e na pecuária.

Estes “coronéis” atuavam através de uma estrutura política arcaica, que se valia entre outras coisas do mandonismo, da utilização de grupo de jagunços armados, da conivência com grupos de cangaceiros e outras ações as quais o novo governador não concordava.

Entre os embates ocorridos entre João Pessoa e os coronéis, podemos listar uma maior perseguição aos grupos de cangaceiros e a cobrança de taxas de exportação do algodão.

Por esta época, os coronéis exportavam o produto principalmente através do principal porto de Pernambuco, em Recife, provocando enormes perdas de divisas tributárias para a Paraíba.

Procurando evitar esta sangria financeira e efetivamente cobrar os coronéis, João Pessoa implantou diversos postos de fiscalização nas fronteiras da Paraíba, irritando de tal forma os coronéis, que pejorativamente passaram a chamar o governador de “João Cancela”.

Os embates políticos entre o governador e os coronéis foram crescendo. A maior liderança entre estes poderosos, sem dúvida foi o coronel José Pereira Lima, verdadeiro caudilho da região oeste da Paraíba, na área da fronteira com Pernambuco, tendo como base, a cidade de Princesa. Do embate entre estes dois homens resultou em um dos maiores conflitos armados do Brasil Republicano.

A contenda teve início em 28 de fevereiro de 1930, quando da invasão da então vila do Teixeira (PB), com o aprisionamento por parte da polícia paraibana da família Dantas, ligada por profundos laços de parentescos e interesses ao coronel José Pereira.

Apesar de governador, João Pessoa não contar com o apoio do Palácio do Catete, onde o titular, Washington Luís, não viabilizou uma efetiva ajuda as forças policiais paraibanas, o governador foi à luta.

Com o apoio discreto, mas efetivamente real, do Presidente da República e dos governadores de Pernambuco, Estácio de Albuquerque Coimbra e do Rio Grande do Norte, Juvenal Lamartine de Faria, o coronel José Pereira decidiu criar o “Território Livre de Princesa” com absoluta autonomia, separando-se durante o período do conflito do restante do estado da Paraíba.

Princesa se tornou uma fortaleza inexpugnável, resistindo palmo a palmo ao assédio das milícias leais ao governador João Pessoa.

O exército particular do coronel José Pereira era estimado em mais de 1.800 combatentes, diversos desses egressos das hostes do cangaço e muitos eram desertores da própria polícia paraibana.

No lado do presidente João Pessoa, suas tropas estavam sob o comando do Coronel Comandante da Polícia Militar da Paraíba, Elísio Sobreira, do então Delegado Geral do Estado, Severino Procópio, e do Secretário de Interior e Justiça, José Américo de Almeida.

Na tentativa de desbaratar os sediciosos de Princesa, estes comandantes dividiram os efetivos policiais, compostos por cerca de 890 homens, em colunas volantes.

No povoado de Olho Dágua, então pertencente ao município de Piancó (PB), estava aquartelado o comando geral de operações da polícia paraibana, que decidiu enviar à Princesa uma de suas colunas volantes, conhecida como “Coluna Oeste” a qual foi designarada uma missão especial.

Esta coluna era comandada pelo Tenente Raimundo Nonato, que tinha entre seus principais comandados o valente sargento da Polícia Militar Clementino Furtado, mais conhecido como Clementino Quelé, ou “Tamanduá Vermelho” (por ser branco e ficar “avermelhado” quando nervoso).

Quelé era a valentia em pessoa, calejado nas lutas do sertão, podia se vangloriar de possuir no seu “currículo”, mais de vinte combates contra Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião.

Foi a coluna de policiais comandadas por Quelé, a primeira a entrar em Mossoró, em 13 de junho de 1927, perseguindo Lampião e seu bando.

Em Princesa, entre um dos mais importantes líderes das tropas locais estava o fazendeiro Marçal Florentino Diniz, poderoso e influente agro-pecuarista da região, que juntamente com seu filho, Marcolino Pereira Diniz, eram parentes e pessoas da inteira confiança do coronel José Pereira.

O coronel Marçal Diniz possuía no então distrito de Patos de Princesa, a 18 quilômetros da cidade, uma fazenda localizada no sopé da grande serra do Pau Ferrado, o segundo ponto mais elevado da Paraíba, com cota máxima em torno de 1.120 metros de altitude e foi para esta fazenda que o comando da polícia paraibana ordenou a Clementino Quelé atacar a casa grande do poderoso coronel. Este episodio é conhecido como o “Fogo ou Batalha do Casarão dos Patos”.

A idéia deste ataque visava dividir as forças do coronel José Pereira, que teria de retirar homens da frente de combate de Teixeira para socorrer os familiares da família Diniz que estavam no casarão, bem como formar com as reféns uma espécie de cordão de isolamento, um escudo humano que objetivava garantir a segurança dos militares.

Pensavam que, agindo assim, nenhum defensor de Princesa ousaria atirar nos combatentes do governo paraibano.

Outra teoria seria a de levar as mulheres como prisioneiras, ou reféns, para a cidade de Paraíba do Norte (atual João Pessoa) e forçar os comandantes de Princesa a alguma espécie de negociação.

No dia do ataque, 22 de março de 1930, Quelé e seus policiais, em número estimado entre sessenta para alguns e entre setenta a cem homens para outros, seguiram atravessando a zona urbana da pequena vila de Alagoa Nova (atual Manaíra-PB) e daí subiram a grande Serra do Pau Ferrado.

Ao passarem pela propriedade de Antonio Né, pessoa ligada à família Diniz, no homônimo Sítio Pau Ferrado, assassinaram um cidadão por nome Silvino, depois, desceram a serra.

Não havia muitos defensores pertencentes aos grupos do coronel José Pereira e de Marcolino Diniz e a força policial de Quelé ocupa o local sem maior oposição.

Na casa estavam entre outras pessoas, às mulheres de Marcolino Diniz, Alexandrina Diniz (também conhecida como Dona Xandu, ou Xanduzinha) e a de Luís do Triângulo, Dona Mitonha. Luís do Triângulo era um dos mais valentes e destacados chefes dos combatentes de José Pereira.

Neste interregno, O grupo de combate comandando por Marcolino encontrou um soldado da polícia de nome Zeferino, o qual transportava mensagem do Sargento Quelé ao Delegado Geral do Estado, Severino Procópio, informando da ação contra o casarão.

José Pereira e Marcolino Diniz recebem a noticia da prisão de seus familiares, tomam esta ação como um acinte, uma falta de respeito e preparam o contra ataque.

Ordenam que parte de suas tropas, que combatiam as forças policiais do governador João Pessoa na região de Tavares, se deslocasse para Patos e ordenam que os homens levem farta munição.

Outros combatentes conclamam moradores da região para o ataque, enaltecendo a covardia de Quelé, que usava mulheres como escudos.

Este chamamento dos líderes de Princesa e de seus homens encontra eco entre membros das comunidades de Princesa e Alagoa Nova e estes decidem seguir com o grupo que vai retomar o “Casarão dos Patos”.


Escrito por tiaolucena às 14h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A INVASÃO DE PATOS DE IRERÊ 2

 

Na noite do segundo dia após o bem sucedido ataque de Quelé ao casarão da família Diniz, a situação permanece inalterada. Segundo relatos dos reféns, os soldados, com raras exceções, se portaram de forma vândala e arrogante durante a ocupação.

Isto pode ser explicado pelo fato de quase não existir nenhuma diferença entre as ações das volantes policiais e dos grupos de cangaceiros.

Enquanto isso os combatentes de Princesa vão discretamente fechando o cerco ao casarão. Aparentemente Quelé não abandonou a posição e levou seus prisioneiros, por falta de comunicação com seus comandantes. Outros acreditam que ele logo percebeu que estava cercado e esperou o inevitável.

O certo é que na manhã do terceiro dia de ocupação, o céu se apresentava nublado, os defensores do casarão estavam tranqüilos, apesar da tensão existente na região.

Alguns esperavam o café, outros até jogavam uma improvisada partida de futebol (possivelmente com uma bola de meia), no pátio frontal da casa.

É quando o primeiro tiro é detonado em um soldado que vinha do Sítio Pedra, de propriedade de “João da Pedra” e trazia um carneiro para abate, aí tem início um inferno no “Casarão dos Patos”.

A polícia estava cercada na casa, se defendendo como podia, o sargento Quelé vai animando seus policiais em meio a uma intensa troca de tiros e insultos entre as forças combatentes.

Marcolino Diniz, por sua vez, à frente dos seus homens, está com o “cão no couro”, comandando, disparando e mandando buscar cachaça nas bodegas da pequena vila de Patos de Princesa para “esquentar” seus “cabras”.

Esta cachaça era trazida em sacos, distribuída francamente entre seus combatentes, onde ocorreu até mesmo dos próprios distribuidores da bebida terminar o combate totalmente embriagados e sem dispararem um só tiro.

O tiroteio é cerrado, colocar a cabeça muito exposta nas janelas do casarão é motivo para que algum policial se torne um alvo fácil. Já os homens de Diniz continuam disparando sem cessar, eles estão espalhados em todo o perímetro, protegidos por árvores, pedras, pelos muros e paredes das poucas casas vizinhas.

O combate prolongou-se até as dezesseis horas do mesmo dia, quando a polícia praticamente estava sem munição, seus disparos tornam-se esparsos, é quando os homens de Marcolino, aproveitando uma forte chuva que desabava e a existência de um canavial nas imediações do casarão, partem para o assalto final.

Durante a invasão, é travado um forte combate corpo a corpo em cada uma das dependências da casa. Gritos, pancadas, socos, pontapés, dentadas, tiros, facadas e sons de lutas ocupam o ambiente.

Os homens de Quelé procuram à fuga, mas estando o casarão cercado, muitos são abatidos impiedosamente pelos combatentes de Marcolino.

Alguns policiais fugiam, feridos ou não, pelo mesmo canavial que serviu de abrigo para os atacantes e de lá seguiam para a Serra do Pau Ferrado. Nesta fuga, muitos combatentes se cruzavam, às vezes cara a cara, dentro do canavial e tiros ou facadas eram desferidas a curta distância.

Marcolino, atiçado pela bebida e já dentro do casarão, prometia aos gritos “vou sangrar todo mundo, até Xandu” que no seu entendimento de valentão do sertão, com um pensamento extremamente machista, imaginava que a sua mulher já havia sido estuprada e aí só “sangrando para limpar o corpo”.

Mas Xandu e as outras mulheres estavam bem e foram preservadas por Quelé e seus homens. Todas estavam em um quarto, acompanhadas de um soldado ferido na perna, que conseguira desarmar uma bomba (ou granada?), que o sargento Quelé colocara no recinto. O soldado salvou a vida das reféns, sendo igualmente salvo pelas mulheres de ser impiedosamente sangrado por Marcolino e seus “cabras”.

Após isto, Marcolino e seus homens seguiram pelos vários recintos do “Casarão dos Patos”, chacinando os policiais que não fugiram.

Dos militares que lá dentro se encontravam, não sobrou nenhum vivo, pois até o soldado que havia salvo as mulheres, morreu no mesmo dia, devido aos ferimentos, quando era transportado para a vizinha cidade pernambucana de Triunfo.

Segundo relatos dos moradores da região, havia até recentemente, em alguns quartos da casa, registros de mãos ensangüentadas nas paredes, mostrando a agonia deste dia terrível.

Quanto a Quelé, vendo-se acossado pelos homens de Marcolino e escutando o próprio caudilho dos Patos de Princesa gritando dentro do casarão que “queria pegar Clementino e matá-lo sangrado”, pulou do andar superior, juntamente com dois soldados e fugiram em direção ao canavial.

Já era noite quando conseguiram chegar à serra do Pau Ferrado, depois seguem para Alagoa Nova e ao encontro das forças de João Pessoa. O restante dos militares que escapou com vida embrenhou-se em território pernambucano.

Das forças de José Pereira e Marcolino Diniz houve apenas uma baixa, um senhor de nome Sinhô Salviano, talvez por efeito da cachaça, desprezou as ordens e ficou sob a mira dos soldados atônitos com a intensidade da contra-ofensiva.

Para alguns pesquisadores, as forças paraibanas perderam mais da metade do efetivo, mas segundo os relatos que se perpetuam na região, contados por aqueles que participaram do conflito e transmitidos para seus descendentes, foram mortos em torno de cinqüenta policiais, sendo seus corpos enterrados em uma vala comum nas proximidades do casarão. Os equipamentos bélicos dos policiais mortos foram recolhidos pelos combatentes de Princesa para reforço de arsenal.

Houve outros episódios sangrentos e terríveis na Guerra de Princesa, mas após a morte de João Pessoa em Recife e a conseqüente eclosão da Revolução de 30, o conflito em Princesa acabou, era o dia 26 de julho de 1930.

O coronel José Pereira Lima organizou a defesa dos seus domínios de forma impressionante, provocando baixas estrondosas à força pública paraibana durante os quatro meses e vinte e oito dias que durou sua resistência.

Princesa não foi conquistada pela polícia paraibana. Após a eclosão da Revolução de 30, tropas do exército ocuparam a cidade.

O coronel José Pereira e muitos dos que lutaram com ele fugiram da região e a família Diniz se retraiu diante do novo sistema governamental imposto. O tempo dos caudilhos do sertão estava chegando ao fim, pelo menos naquele formato utilizado por José Pereira.

Com o fim da guerra, a fortuna da família Diniz ficou seriamente comprometida. O combate, mas, principalmente, a ira dos soldados, destruiu tudo. Canaviais, engenhos de rapadura, moendas, casas e outros bens foram alvo da vingança dos fardados, quase nada escapou.

Mesmo com as perseguições sofridas após o fim da guerra, todos os anos Marcolino Diniz e sua gente, comemoravam o aniversário da retomada do casarão com muita festa.

Marcolino era proprietário das fazendas Saco dos Caçulas e Manga, onde diversas vezes Lampião descansava dos combates.

Esta polêmica amizade entre Marcolino e Lampião é bem retratada em um episódio; em 30 de dezembro de 1923, Marcolino, juntamente com seu guarda-costa conhecido por “Tocha”, por conta de uma briga, matam o então magistrado da cidade de Triunfo (PE), o Dr. Ulisses Wanderley.

Marcolino fica ferido e é feito prisioneiro na cadeia pública local. Seu pai, o coronel Marçal, recorreu aos préstimos do cangaceiro a fim de libertar o filho. Não demora muito e um grupo armado, estimado em torno de 100 a 150 homens, retira tranqüilamente o prisioneiro ferido da cadeia.

Marcolino e a sua adorável Xandu, continuaram unidos até a morte, tendo seu amor sido imortalizado em 1950, por Luís Gonzaga e Humberto Teixeira, com a música “Xanduzinha”.

Marcolino nasceu em 10 de agosto de 1894 e faleceu em Irerê, em 21 de dezembro de 1980, com 86 anos, conforme está inscrito em sua lapide, na igreja deste atraente lugarejo.

Já o sargento Clementino Quelé, sobreviveu à guerra e ainda teria fôlego para, em 1936, perseguir o bando do cangaceiro Virgínio Fortunato da Silva, o dito “Moderno”, cunhado de Lampião, homem de sua mais alta confiança, que neste ano investiu contra a região conhecida como “Tigre paraibano”, atacando várias fazendas na área próxima a cidade de Monteiro.

Quelé, possivelmente pelo analfabetismo, nunca passou da patente de sargento, tendo morrido idoso na cidade paraibana de Prata. Coincidentemente, Quelé também foi lembrado em uma música de Luís Gonzaga intitulada “No Piancó”.

Quem visita atualmente Irerê, com suas casas antigas bem preservadas, nem imagina que o carcomido e arruinado casarão existente no fim da rua principal, foi palco de tamanho conflito. Mesmo em ruínas, o casarão impressiona pela imponência da sua estrutura, pela grandiosidade da sua construção.

Nele existe um andar superior, com dois sótãos independentes, vários quartos e dependências, sendo um exemplo do poder emanado pelos coronéis da região.

Em meio ao silêncio atual, se o visitante puxar pela imaginação, é possível ouvir os sons da batalha ali ocorrida no longínquo ano de 1930.



Escrito por tiaolucena às 14h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A pedido de Zarita

Zarita escreveu querendo ver um jegue. Infelizmente, só tinha a imagem a seguir: Tião Badé tentando comer o jegue de Rosendo, em Princesa.



Escrito por tiaolucena às 13h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
FERNANDA MACHADO BOTA A TROPA EM ORDEM UNIDA
 
Fernanda Machado interpreta Lorena, que se envolve com o professor mais velho e casado na minissérie 'Queridos Amigos', da Globo. A atriz participou de 'Tropa de Elite', melhor filme em Berlim.


Escrito por tiaolucena às 13h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




COLUNA DO TIÃO

tiaolucena@uol.com.br

Blog do Tião

 

 KOLUNA SOÇIAU

NIVER

O casal Chico Alicate e Das Dores fez um sábado diferente. Como era o aniversário dela, Chico Alicate deixou de lado as idas ao barraco de Zezão e levou a mulher, com os filhos, para comerem fora. Botaram a mesa no quintal, debaixo do pé de jambo e degustaram saborosa galinha de granja ao molho pardo com feijão verde e cuscuz.

MUDANÇA DE NOME

Talvez querendo imitar seu colega da Capital Fubá de Milho, o vereador Xerém, lá de Mãe D´água, tem projeto de lei mudando o nome da sua rua. Quer tirar o "Escorregou Tá Dentro" e botar "Arrocha Aro".

CASAMENTO

Será neste domingo a cerimônia religiosa do casamento de Naninha, filha de Luiz e Eliza Marques. A efeméride se dará na igreja São Clementino Procópio, em Várzea Nova e a celebração ficará a cargo de Frei Terésio. Depois os noivos oferecerão recepção na sede da Associação Comunitária. A noiva vestirá um "tomara que caia" costurado por Antonia do Funcionários II e o noivo envergará um terno emprestado por João Bizu.

ZÉ DE VIGÓ

Depois de tomar todas e mais algumas, o conterrâneo Zé de Vigó adoeceu do "figo" e acha-se em casa recuperando-se com chá de boldo e uns caxetes cedidos por Zé de Edezel. A esperança dele é ficar bom daqui pru São João, já que o prefeito de Princesa, Tiago Pereira, que aniversaria neste domingo, lhe prometeu um emprego de vigia da quadra, onde se trabalha e se bebe até cair discostas.

DALVINHA

Dalvinha, filha de Lourdinha de Zé Marreta e Hélio do Guirra, acalenta um sonho no seu peito juvenil de dois quilos e meio: vir à Capital conhecer o apresentador Alex Filho, a quem acha bem bunitim e anseia por um sarro debaixo da ponte de Bayeux.

COLUNISTA

O colunista Chietinha do Maia avisa que cansou de dá o cu e vai passar o bastão (ou seria outra coisa?) para um seu colega mais novo, mais disposto e mais carente. Só não diz quem é porque, conforme ele, isso é segredo de Estado.

ALMOÇO

Aproveitando o feriado de domingo, a locomotiva Creuza de Antonio Gordão juntou uma tropa de gente, fretou um onibus e vai passar o dia inteiro em Jacumã. Todos levam o lanche, que lá em nóis se chama "bode", para diminuir as despesas e até porque as coisas estão muito caras naquelas plagas. O almoço será farofa e galinha, sendo que, para ajudar a descer e tirar o entalo, beberão Taí e Ki-suco. Os homens, claro, não dispensarão a cana comprada na barraca do Zezão, uma papuda maravilhosa que, com duas semanas de uso, deixa o bebedor com as canelas finas, a cabeça grande e o pescoço torto.

SEPARAÇÃO

Soube que aquele casal tão unido, tão enamorado, tão apaixonado, está se separando. A mulher não gostou de pegar o marido com um negão na cama. Já contrataram, inclusive, os serviços do advogado Cícero Lima para entrar na justiça e pedir o divórcio.

FRASE DO DIA

"Ou tu me amas com firmeza ou eu quebro teu cu com uma pedra". Dionísio de Vitalina, marido de Lurdes de Carmélia.


 



Escrito por tiaolucena às 06h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]

 
Meu perfil
BRASIL, Nordeste, JOAO PESSOA, BESSA, Homem, de 56 a 65 anos, Portuguese, Livros, Informática e Internet
Outro -
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  Link
  Evento
  Citação
  Avaliação
  Objeto de Desejo
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog